Aberto Concurso Professores Prefeitura de SP 2016 – SME SP

Os professores paulistas que andam em busca de uma nova oportunidade podem começar a ficar atentos. A Secretaria Municipal de Educação da cidade de São Paulo abriu esse mês vagas para docentes de todas as áreas.

Sobre as vagas

No total são 2.472 vagas a serem preenchidas pelo selecionados no concurso, 123 delas devem ser ocupadas por profissionais portadores de deficiência e 495 para profissionais de minorias étnicas como negros e indígenas. O salário é de R$2.079,43!

Aberto Concurso Professores Prefeitura de SP 2016 – FGV

As matérias para as quais existem vagas são: sociologia (3 vagas), química (1 vaga), português (87 vagas), matemática (365 vagas), inglês (453 vagas), história (71 vagas), geografia (499 vagas), física (2 vagas), espanhol (3 vagas), educação física (123 vagas), ciências 395 vagas), biologia (3 vagas) e arte (467 vagas).

Para que os professores sejam elegíveis ao cargo é necessário possuir curso de licenciatura completo na área de escolha.

Como se inscrever?

O período de inscrição estará aberto até o dia 16 de março de 2016, portanto é muito importante que as inscrições sejam realizadas até essa data. A empresa que está gerenciamento o processo é a Fundação Getúlio Vargas (FGV) onde os candidatos devem realizar a inscrição online (http://fgvprojetos.fgv.br/concursos/sme-sp)

No mesmo site pode ser encontrado o edital com todos os detalhes sobre o processo seletivo, as vagas, benefícios e salários. Para que a inscrição seja confirmada é necessário pagar uma taxa de R$46,00.

Sobre a prova

A seleção dos professores será realizada através de uma prova objetiva (em alternativas) e outra prova dissertativa com aplicação prevista para o dia 24 de abril. Ambas as avaliações deverão ser realizadas em São Paulo às 8h e 15h dependendo da disciplina. O local exato de prova deve ser divulgado após o término do período de inscrições no site da FGV, no mesmo lugar de liberação dos editais e comunicados aos candidatos.

Com duração de 5h as provas terão 60 questões objetivas, metade de conteúdos pedagógicos e a outra metade sobre matérias específicas. A prova dissertativa possuirá duas questões relacionadas à conhecimentos pedagógicos. O professor poderá escrever no máximo 30 linhas em toda a prova dissertativa.







Sem Comentários.

Deixe um Comentário