Como Conseguir Vaga de Emprego Usando Redes Sociais

Muitas pessoas não sabem como as redes sociais podem colaborar com aquela nova vaga de que elas precisam. De fato, conseguir emprego usando as redes sociais tornou-se comum e há empresas que até aceitam os currículos usando o chat do Facebook. Além disso, tem-se até uma rede destinada somente às oportunidades de trabalho, que é o LinkedIn.

As companhias estão mais inseridas nas redes sociais porque elas empregam e atendem indivíduos que integram essa sociedade virtual. Desse modo, as redes sociais, que é onde muitas pessoas ficam por horas, também virou um campo para a contratação.

Há redes inadequadas

Citou-se o Facebook porque ele tem um chat no qual se pode escrever muitas linhas, além da possibilidade de se anexar arquivos. Porém, redes sociais como o Instagram e também o Twitter não são as adequadas para falar com as empresas.

As duas são inadequadas quase pelos mesmos motivos: o seu bate papo é simples, não se consegue inserir documentos e tendem, especialmente o Twitter, a ter informalidade demais. Uma exceção é quando os candidatos não conseguem qualquer outro contato e desejam solicitar apenas um endereço de e-mail ou um telefone.

Que tipo de contato os interessados podem fazer usando Facebook?

Os candidatos têm de recordar que o Facebook não é um sistema de e-mail. Dessa forma, ficar encaminhando currículos por ali, sem que a companhia requeira isso, é inapropriado. Primeiro, deve-se falar com a empresa e dizer que se tem interesse nela, perguntando se o currículo poderá ser encaminhado por ali.

Além disso, o encaminhamento pelo Facebook não pode ser a única forma de candidatura: usar e-mail e até deixar o currículo pessoalmente não são coisas a se descartar.

Atenção às postagens

As redes sociais farão com que as empresas saibam um pouco sobre o jeito daquele candidato e há indivíduos que não foram admitidos exatamente pelo que os gestores visualizaram. Postagens nas quais se fala mal de algum empregador ou mesmo reclama-se da necessidade de trabalhar são perigosas e é melhor que elas não fiquem públicas.