Como saber se tenho direito a restituição do Imposto de Renda?

A declaração do imposto de renda costuma ser considerada bastante incômoda pelas pessoas que precisam fazê-la. No entanto, ela também pode trazer um dinheiro que alivia as finanças: a restituição. A questão é que nem todos recebem esse dinheiro e como saber se tenho direito à restituição do imposto de renda? Aqui está a resposta.

 

Por que o imposto é restituído?

 Quando a Receita Federal avalia as declarações de imposto, ela considera quais foram as despesas dos cidadãos, ou seja, com o que eles gastaram no ano anterior? Ao analisar essas despesas, a Receita percebe que foram feitos pagamentos a mais e são esses pagamentos que são restituídos.

Como saber se tenho direito a restituição do Imposto de Renda

Como essas restituições são calculadas?

 

A restituição final é composta por alguns descontos que a Receita Federal em alguns tipos de despesas. Por exemplo: quem possui dependentes e coloca-os na declaração costuma ser restituído. Isso também acontece quando os gastos que o cidadão declara são relacionados a tratamentos médicos, aos estudos, a tratamentos odontológicos, etc.

 

Erros: como incluir informações que geram restituição depois de a declaração ser feita?

 Muitas pessoas desconhecem que determinados gastos geram restituição. Assim, elas acabam declarando o imposto de renda sem essas informações. Contudo, elas podem ser incluídas por meio de uma declaração diferente: a retificadora. Esse é um recurso que pode ser usado quando há algum erro e também quando faltam dados. Assim, ao encontrar gastos que justifiquem a restituição, eles precisam ser incluídos pela retificação.

Tendo certeza da restituição

Os indivíduos que declaram os gastos com médicos, escolas e dentistas, além de ter dependentes, recebem restituição. Para saber exatamente a quantia, elas podem consulta-la no programa de declaração. Lá, existe uma aba onde o valor a ser restituído é mostrado.

Outra forma de saber da restituição é usar o aplicativo da Receita Federal, que pode ser baixado nas lojas da Apple e do Google. O telefone 146 também orienta os cidadãos que querem saber sobre a restituição. Depois de ligar para 146, a opção indicada é a 3.







Sem Comentários.

Deixe um Comentário