Compensa colocar empresa ou patrão na justiça? Dicas

Mover uma ação trabalhista é possível e totalmente permitido, mas existe uma série de fatores que devemos observar antes de entrar com uma ação de forma desmedida com o primeiro advogado que aparece, todos nós sabemos que ao trabalhar com os outros estão expostos a uma série de fatores que devemos levar em consideração.

Principais dicas

Não haja com vingança, seja qual for à situação é respirar fundo seguir em frente, se aconselhar no mínimo com dois advogados e explicar a situação antes de qualquer decisão.

Compensa colocar empresa ou patrão na justiça

Nunca mova uma ação contra a empresa ou seu patão em quanto estiver trabalhando, o que pode ser feito é durante o período que estiver empregado procure outra oportunidade e colha provas e testemunhas para a ação que moverá futuramente.

Quando sair da empresa lembre-se que terá até dois anos de prazo para mover qualquer tipo de ação contra o seu antigo patrão ou empresa, este período é bom para que possa conseguir testemunhas chaves e enfrie a cabeça para fazer tudo de forma assertiva.

O processo trabalhista não pode ser observado como uma opção de vingança ou refúgio de algo, ele deve ter embasamento jurídico, do contrário quem será lesado no processo será você que terá de arcar com a custa dos processos e em alguns casos o ex patrão ou empresa pode até processar você.

É compensador colocar a empresa ou patrão na justiça se a situação for ilegal e esteja lesando seus direitos como pessoa e trabalhador, a procura é grande para as seguintes situações:

Advertências

Desentendimento entre empregador e funcionários

Demissão por Justa Causa

Apagamento atrasado com frequência ou descontos indevidos

Assédio moral, exposição ao ridículo ou situação vexatória

Descumprimento do contrato de trabalho ou normas do sindicato

 

O que é necessário para processar empresa ou patrão?

O trabalhador deve colher provas ao longo do tempo que está empregado como os listados abaixo:

Comprovante de Férias

Comprovante de Pagamentos e Recibos

Contrato de Experiência

Registro

Registro de Frequência

Testemunhas

E no período que está na empresa os trabalhadores devem ser assessorados por advogados, muitos profissionais prestam orientação de forma gratuita, basta marcar um horário e relatar os acontecimentos.







Sem Comentários.

Deixe um Comentário