Concurso Bombeiros SP 2017 Guarda Vidas – Edital, Inscrição

O Corpo de Bombeiros de São Paulo terá mais contratados no ano de 2017 e isso porque a organização, que é o governo paulista, está com um processo seletivo. Os inscritos necessitam apresentar apenas ensino fundamental completo e serão 600 vagas. Os servidores ficarão no cargo público por 5 meses, tendo até seis meses após a homologação para serem chamados.

Os municípios para os quais os guarda-vidas serão selecionados são São Bernardo do Campo, São Vicente, Guarapiranga, Santos, Caraguatatuba, Guarujá, Peruíbe e muito mais. Destaca-se que muitas das vagas são para as regiões de praia, mas que as piscinas públicas também precisarão desses servidores temporários.

O processo seletivo para essa função vai usar prova prática e é importante que os guarda-vidas sejam experientes. Haverá também avaliação de documentos, podendo ser requerido histórico criminal, e um diferencial é que esse processo seletivo paulista não vai usar prova de múltipla escolha. Deve-se especificar que a investigação social também ocorrerá.

Cada etapa vai ser avisada pelo Corpo de Bombeiros, mas a de teste prático será já em 7 de novembro. As restantes serão visualizadas no mesmo espaço eletrônico em que os candidatos se inscreverão, destacando-se que, normalmente, elas serão de manhã. A cada etapa, o Corpo de Bombeiros vai apresentar o deferimento para que os inscritos continuem nas próximas avaliações.

Esses guarda-vidas paulistas terão os devidos materiais, auxílio transporte, vencimentos de R$ 1.200,00, uniforme, vale alimentação e carga horária de 40 horas semanais.

Inscrição

Elas serão em http://www.ccb.policiamilitar.sp.gov.br/ e durante o mês de Outubro: entre o dia primeiro e o dia 31. É possível que a organizadora peça alguma taxa e não existe cota para os profissionais deficientes. Infelizmente, como essa é uma função 100% prática e não existe atividade administrativa, as pessoas que têm qualquer deficiência estão vetadas.

Por outro lado, o processo seletivo poderá apresentar cotas específicas para os guarda-vidas negros. Os candidatos que tiverem dúvidas poderão buscar o CCB e perguntar a respeito dos tipos de documentos ou dos motivos para os eventuais indeferimentos.