Concurso Câmara de Belo Horizonte MG 2017/2018 – Edital e Inscrição

A Câmara de Belo Horizonte admitirá analistas de Tecnologia da Informação e outros servidores em 2017 e para 2018. O concurso público belo-horizontino vai ser realizado pela Consulplan e outros cargos são para procurador, arquivista, engenheiro civil, coordenador de processo legislativo, consultor legislativo, técnico de Segurança do Trabalho, analista clínico e mais.

Com a validade de vinte e quatro meses, esse concurso vai ter prova de títulos, juntamente à prova discursiva e a uma prova objetiva. As duas últimas serão em 18 de fevereiro de 2018, com a prova de títulos sendo posterior.

Inscrição

Ocorrerão através do http://www.consulplan.net/home.aspx até 4 de outubro. Para a participação, os concurseiros vão pagar entre R$ 40,00 e R$ 19,00 e, para qualquer valor, pode-se usar a isenção. A Câmara de Belo Horizonte vai aceitar a isenção daqueles que tiverem renda per capita de até dois salários mínimos e ainda dos indivíduos que estão inseridos no Cadastro Único.

Nesse site oficial da Consulplan estará o gabarito e será por ele que os candidatos poderão pedir revisão. A banca e a Câmara belo-horizontina podem prorrogar o concurso e, ocorrendo isso, essa página será a utilizada para comunicar. Mais uma coisa que também será posta nesse site é a convocação.

A carga horária para os funcionários desse órgão será de 30 horas semanais e os vencimentos deles ficarão entre os R$ 7.800,00 e os R$ 3.100,00. A Câmara também pagará auxílio transporte e as cotas para deficientes existem apenas para técnico legislativo e para coordenador do processo legislativo. No caso dos outros cargos, existe somente a ampla concorrência.

Não são todos os cargos que terão Conhecimentos Gerais em suas provas: para a maioria, será requisitado somente o Conhecimento Específico e também a Língua Portuguesa. Alguns cargos vão usar também algumas avaliações diferentes, tais como a elaboração de projeto de lei e ainda a elaboração de parecer. A Consulplan tem variadas provas anteriores pela Internet e é sugerido que os concurseiros da Câmara de Belo Horizonte conheçam-nas.