Concurso Governo de Rondônia (SEGEP) 2017 – Edital e Inscrição

A Superintendência de Gestão de Pessoas (SEGEP) declarou que mais 80 oportunidades serão liberadas para profissionais técnicos e de outras funções, apesar de nem todas serem para efetivação: na realidade, o Governo de Rondônia dividirá, em 2017, os aprovados entre os que estarão nas admissões pontuais e os que serão inseridos no cadastro reserva. Para os que forem convocados, o cargo será de efetivo.

Apresentando salários que podem ir até R$ 7.000,00, esse concurso poderá ser realizado pelos seguintes profissionais: analista em Comunicação, especialista em Gestão Governamental, analista de Planejamento e muito mais. A banca que foi admitida para esse concurso é a Fundação Getúlio Vargas, a FGV e existem variadas apostilas já preparadas devido a esse edital.

Os inscritos para os cargos de qualquer escolaridade podem procurar essas apostilas para Rondônia em muitos sites que são especializados, além de aproveitar a própria FGV para a sua preparação com todo o banco de informações que ela possui sobre concursos de muitos anos e para várias colocações, inclusive as que a SEGEP abre no momento.

Dentre os municípios rondonienses nos quais as provas acontecerão estão Vilhena, Cacoal, Porto Velho, Guarajá-Mirim, e também Ji-Paraná. Em todos esses municípios, as provas serão em 22 de outubro, lembrando que a FGV vai apresentar em sua página o gabarito oficial e que, nesse mesmo site, a banca também mostrará tanto as classificações por cada cargo quanto a classificação total.

Inscrições

As inscrições para a SEGEP serão no link http://fgvprojetos.fgv.br/concursos/segep-ro até o dia 6 de setembro. Estarão incluídos no concurso do Governo de Rondônia os candidatos deficientes e as taxas para todos vão de R$ 78,00 até os R$ 100,00.

É permitido que os cidadãos inscritos peçam a sua isenção, embora eles devam mostrar à banca organizadora os seus comprovantes de renda com os quais atestarão que a taxa  é alta demais para eles. Importa mencionar que a banca poderá também negar que a isenção seja dada. A validade para as convocações da SEGEP será de dois anos.