Demissão voluntária – Como funciona? Dicas

Está cada vez mais comum as empresas apresentarem a seus trabalhadores o PDV (Plano de Demissão Voluntária),mas o que seria? Pois bem, o Plano de Demissão Voluntária ocorre quando a empresa sugere aos seus trabalhadores o desligarem da empresa de forma imediata, por vontade própria mediante uma oferta de pacote de benefícios. Atualmente a economia do país não está muito boa o que faz com que as empresas façam esse tipo de oferta aos seus colaboradores, no entanto é indispensável que a proposta seja avaliada com muita cautela ponderar as vantagens e desvantagens a médio e longo prazo para só então decidir se é a melhor opção.

Para auxiliar nessa tarefa tão delicada vamos listar algumas dicas importantes que devem ser observadas antes de aceitar ou não a Demissão Voluntária. Confira:

Demissão voluntária - Como funciona Dicas 01– Faça uma lista com os prós e contras que a Demissão Voluntária poderá oferecer, pois com uma visão ampla do que essa decisão poderá ocasionar ficará mais claro fazer a escolha;

– No caso do plano de saúde que a empresa oferece, deve colocar no papel quanto sairia uma contratação do plano para garantir a necessidade dos dependentes por conta própria;

– Caso o trabalhador não esteja satisfeito com a empresa e percebe que poderá ser demitido a qualquer momento o Plano de Demissão Voluntária poderá ser uma ótima opção para sair bem por conta do pacote de vantagens que oferece;

– Se for o caso de investir em uma nova profissão e redirecionar a carreira, o Plano de Demissão Voluntária é uma ótima oportunidade para obter um respaldo na nova carreira. O mercado de trabalho se apresenta em constante evolução, portanto sempre existe espaço para profissionais que buscam por direcionar uma nova carreira.

Antes de optar ou não pela Demissão Voluntária é importante observar os aspectos citados acima para que não seja uma decisão precipitada que venha se arrepender mais tarde.







Sem Comentários.

Deixe um Comentário