Folga semanal Remunerada é um direito – Entenda

A folga semanal é vital para que o colaborador possa cuidar de aspectos pessoais, trabalhar atentamente e mesmo manter a saúde. Além disso, o colaborador deve receber pelo descanso, já que folga semanal remunerada é um direito. Entenda!

 

A lei é a responsável por manter esse direito

As companhias não podem negar a folga ou então negar o pagamento dessa folga semanal. De fato, a Lei n°605/49 é quem dá aos colaboradores a certeza de que eles podem descansar toda semana e receber por esses períodos, embora não se possa apontar um consenso a respeito do dia em que essa folga precisa ser.

Folga semanal Remunerada é um direito - Entenda

O pagamento não é de qualquer valor

Além de as companhias precisarem pagar a folga semanal dos colaboradores, ela não pode fornecer um valor qualquer ou algo simbólico. Existe um cálculo que as companhias devem adotar para que o valor da folga remunerada semanal seja descoberto.

Para saber quanto o colaborador deve receber pela folga semanal, primeiro é essencial delimitar quanto as horas úteis valem. Depois, duas multiplicações precisam acontecer: uma, pelas folgas; a outra, pelo preço das horas que não são folga, ou seja, que são úteis.

A companhia não realiza o acerto do descanso semanal: o procedimento

O colaborador, aprendendo a calcular a sua folga semanal, poderá monitorar se a companhia está fazendo os acertos. Se ele reparar que o que a companha paga está incorreto, ele poderá contestar. Primeiro, é recomendado que esse colaborador vá ao Recursos Humanos e explique que, de acordo com o que ele calculou a respeito de suas folgas semanais, existem erros.

No entanto, é essencial que o colaborador saiba que o Recursos Humanos pode não admitir. Acontecendo isso, o ideal é que o colaborador aguarde para saber os próximos valores. Repetindo-se, o colaborador pode buscar um advogado, mas ele deve entender que isso pode significar sair da companhia. Desse modo, a recomendação é que o colaborador espere o dia de sair para que, depois, busque o valor dessas folgas semanais remuneradas perdidas.







Sem Comentários.

Deixe um Comentário