Intercanbio Barato – Dublin, Irlanda

São várias as perguntas na cabeça de uma pessoa que começa a pensar em fazer intercâmbios, e qual é o curso, o destino, quanto tempo, quanto ir, e afinal de contas qual é o melhor tipo de programa de intercâmbio para se fazer?

Com isto para que possamos ajudar os futuros estudantes intercambistas na Irlanda veja a seguir alguns dos programas de intercâmbio que poderão ser realizados para maiores de 18 anos.

Intercâmbio de Férias de Trabalho

Este conta com uma duração de até quatro semanas.

Dublin, Irlanda

O objetivo principal do concurso é aproveitar todas as férias de trabalho para viajar e ainda dar um upgrade no seu inglês conhecendo assim um novo país.

Por ser um intercâmbio de curtíssima duração a melhor alternativa é procurar adquirir um curso com uma carga horária equivalente igual ou superior a de 20 horas semanais, com isto uma boa opção é o Intensive English este que conta com aulas tradicionais além de aulas com foco em discurso e também fluência oral.

Os adicionais do curso

Além das aulas o intercambista poderá aproveitar também para visitar pontos turísticos, curtir diversas excursões ara as ilhas e ainda fazer compras de produtos que são muito baratos.

A grande vantagem é que não é preciso se solicitar visto e nem pagar taxas. As condições financeiras é ter apenas 500 euros em conta corrente.

Intercâmbio de Férias Escolares

Este também é uma boa alternativa, com uma duração de seis a 12 semanas normalmente começa nos finais de semestre de anos letivos.

O objetivo principal é procurar adquirir experiência de vida em outro país desenvolvendo o inglês.

É recomendado cursos que tenham no mínimo 20 horas semanais, e para quem já possui um bom nível de inglês existem cursos preparatórios para os exames como por exemplo Cambridge, IELTS e TOFEL.

Como adicionais além de aulas é possível praticar turismo pelo país, bem como atividades sociais e esportivas, além de viajar por todo o continente, as passagens aéreas são muito baratas e é possível ir para vários lugares.

Não é preciso solicitar visto e nem pagar taxas para visitar a região.

 







Sem Comentários.

Deixe um Comentário