O que Estudar para o ENEM – O que mais cai?

Apesar de o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) usar os assuntos desse ciclo para que as provas sejam criadas, existem alguns temas específicos que são mais mencionados por causa da sua relevância maior. Por isso, é claro que existem algumas matérias que se veem mais e que necessitam de um pouco mais de estudo.

O que estudar? O que mais cai?

As atualidades são temas que não ficam apenas na parte de redação, mas que permeiam todo o ENEM. Muitas vezes, os especialistas colocam um assunto do Ensino Médio de, por exemplo, Biologia, e o integra às atualidades. Por isso, é essencial que se acompanhem os jornais.

Para Biologia

Nesse eixo, o que o ENEM mais cita é a evolução humana, que é explicada por Charles Darwin. É possível que o exame pergunte qual era o conceito mais essencial da sua teoria e qual a repercussão que, ainda hoje, se tem com relação à evolução das espécies.

A Genética é mais um assunto que costuma estar em todas as provas. As perguntas costumam citar as combinações de genes e, principalmente, como é que algumas doenças genéticas aparecem, ou seja, quais são os problemas de DNA, além das substâncias que o processam.

Ciências humanas

Os problemas urbanos, que são do âmbito da Geografia, são muito citados nas questões. Além dele, é fundamental que os movimentos sociais também sejam entendidos: se eles já eram mencionados antes, é cada vez mais provável que eles estejam nas provas porque tem havido muitos outros movimentos assim. Vale que os alunos também estudem sobre a zona rural, inclusive sobre os diferentes problemas com a posse de terra e com as suas invasões.

Linguagens, Códigos e suas Tecnologias

A linguagem não verbal é uma das bases para esse eixo e isso, na realidade, é visto em todo o ENEM: todas as disciplinas têm perguntas que usam imagens, às vezes sem nenhuma palavra. As figuras de linguagem são parte do que essa prova requer muito.