Programa de estágio no Correio 2015 – Jovem Aprendiz

Anualmente os Correios colocam à disposição um grande número de vagas de estágios em agências das mais diversas regiões e cidades do país. Essas vagas são oferecidas através do Programa Jovem Aprendiz que, para este ano de 2015, procura jovens interessados em aprender e a trabalhar nesta área.

Ainda não foram abertas as inscrições para os estágios de 2015, então é fundamental que se mantenha atento ao site dos Correios (www.correios.com.br), pois é nele que se divulgam as vagas e se dá a inscrição dos interessados nas mesmas.  Para ser contratado para o estágio, há a necessidade de prestar um exame, que é uma forma de concurso, com a finalidade de selecionar os interessados mais capacitados para os cargos.

O que é necessário para poder participar do programa?

Para fazer parte do Programa Jovem Aprendiz pelos Correios, é necessário que o jovem interessado tenha entre 14 e 21 anos, deve-se também estar matriculado no ensino médio e é necessário que o mesmo tenha um rendimento escolar de média igual ou maior a 5,0 em cada disciplina. No processo de seleção são efetuados diversos exames, testes e entrevistas, com a finalidade de se escolher os melhores candidatos. Os candidatos que forem aprovados até a etapa final da seleção serão chamados para assinarem um contrato de estágio e então poderão iniciar os trabalhos.Programa de estágio no Correio 2014

 

Como se dá a assinatura do contrato?

Para se efetuar a assinatura do contrato, devem-se apresentar alguns documentos para se comprovar a regularidade da situação do candidato à vaga. Para adentrar no programa é necessário que o candidato seja de nacionalidade brasileira, há necessidade de apresentar os seguintes documentos: comprovante de frequência e rendimento escolar; carteira de identidade ou então a certidão de nascimento; documento que sirva como comprovante de residência; cartão de identificação de contribuinte (CIC) ou então o CPF e, por fim, a carteira de trabalho e previdência social (CTPS). O contrato pode se estender por até 24 meses, sendo a jornada de trabalho de até 20 horas semanais, trabalhando-se em 4 dias úteis e, em um outro dia, deve-se assistir aulas de curso de aprendizagem teórica e prática.


 



13 Comentários