Qual a diferença entre júnior, pleno, sênior, master e especialista?

Quando uma empresa contrata trabalhadores, geralmente oferece condições para que esses trabalhadores possam crescer dentro da mesma. Os funcionários começam em níveis mais baixos e depois vão evoluindo conforme sua experiência dentro do ramo de atuação. Esse crescimento tem denominações conhecidas como júnior, pleno, sênior, master e especialista. Para que você possa entender melhor vamos explicar um pouco de cada uma delas aqui.

Classificação de trabalho

A classificação de trabalho dentro de uma empresa, como já havia mencionado acima é classificada pelo tempo de Qual a diferença entre  júnior, pleno, sênior, master e especialista 01serviço do trabalhador. Dessa forma os trabalhadores com pouco tempo de carreira com 5 anos no mercado são classificados como Junior, entre seis e nove anos são classificados como Plenos; trabalhadores com mais de 10 anos de experiência são classificados como Sênior e aqueles que já estão a mais de 15 anos no mercado de trabalho são classificados como Master.

Trainee- entre 2 e 2 anos e meio recém graduado recebe tarefas de pequena ou média complexidade para áreas específicas. O trabalhador elabora projetos sob supervisão;

Junior – experiência até 5 anos de trabalho, recém graduado recebe funções simples sem profundo conhecimento;

Pleno – experiência de 6 a 9 anos, pós graduado desenvolve atividades específicas que exigem maior conhecimento, também pode tomar decisões, desde que endossadas por um supervisor;

Sênior – experiência a partir de 10 anos no mercado de trabalho, apto a desenvolver atividades de forma autônoma baseadas no conhecimento e experiências adquiridas ao longo dos anos;

Master – trabalha a 15 anos ou mais, Pós-graduado + Gestor + Certificações, possui autonomia plena.

O especialista trabalha em uma determinada área com pleno conhecimento e experiência que lhe possibilitam atuar de forma segura.

A grande diferença entre as classificações fica por conta dos salários, pois quanto mais elevado o nível de experiência, maior é o salário. Agora que você já conhece as diferentes classificações pode colocar a sua no próximo currículo.

 

 







Sem Comentários.

Deixe um Comentário