Sisu 2017 – Inscrições Abertas, Prazos, dicas

O Sistema de Seleção Unificada (Sisu) é usado para que os estudantes de qualquer classe social consiga uma oportunidade nas universidades particulares. Quase todos os cursos estão na lista que, semestralmente, tem inscrições. Oferecendo lista de espera e possuindo centenas de instituições do Brasil todo em seu sistema, é importante que os vestibulandos fiquem de olho nas inscrições abertas referentes a 2017 e conheçam dicas.

 

Quais são os candidatos que podem tentar o Sisu 2017?

Quaisquer estudantes que queiram estar nas universidades particulares são bem vindos nesse sistema de seleção. Contudo, a nota deles referente ao Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) precisa encaixar-se nas notas de corte. É uma exigência ainda que esses candidatos não tenham tirado zero na sua prova de redação.

Aqueles que já estão cursando alguma faculdade poderão trocá-la usando o Sisu 2017, mas deverão prestar também o ENEM. No caso de eles conseguirem a sua vaga, eles precisarão abandonar a graduação que estavam fazendo: não se pode fazer os dois cursos superiores juntos. Os candidatos que são da rede particular podem fazer parte desse sistema de seleção, mesmo que não tenham sido bolsistas.

 

A nota de corte

Cada universidade particular que está no Sistema de Seleção Unificada de 2017 apresenta notas de cortes específicas: o curso em si tem uma margem que as instituições devem respeitar, mas, dentro delas, cada uma pode determinar a sua própria nota. Nesse momento, elas vão considerar quantas salas são abertas para cada um dos cursos e quantos são os candidatos que estão interessados.

 

Como fazer parte do Sisu 2017?

Os candidatos a um curso em universidade particular acessarão http://sisu.mec.gov.br/como-se-inscrever, devendo apresentar a sua inscrição do ENEM. Além de se fazer a inscrição, eles encontrarão a classificação parcial.

 

Dica

A madrugada é quando os candidatos a esse sistema de seleção encontrarão menos congestionamento e conseguirão candidatar-se melhor. É possível que se assinalem dois tipos diferentes de cursos e os estudantes não devem deixar de colocar a segunda opção.

        





Sem Comentários.

Deixe um Comentário