Trabalhar de Vendedor Ambulante – Dicas

Com o desemprego em alta o brasileiro tem que buscar alternativas para conseguir ganhar dinheiro e colocar o pão sobre a mesa. Uma das saídas encontradas é trabalhar de vendedor ambulante. Esse é um trabalho que necessita de um investimento baixo, mas o lucro obtido é bem significativo.

Normalmente esse trabalho é realizado a céu aberto, pois os lugares preferidos são eventos diversos, pontos turísticos, parques, praças, estações de transporte público entre tantos outros lugares.

Antes de dar o pontapé inicial como vendedor ambulante é necessário escolher o produto que será comercializado. É fundamental que ele sane alguma necessidade que o consumidor possui naquele momento ou que se destaque entre as ofertas que já existem.

Burocracia

A burocracia no país é enorme e para que o vendedor ambulante não tenha problemas no futuro o melhor a fazer é se informar sobre as normas em vigor na sua cidade. Verificar se a prefeitura estipula a necessidade de um alvará especifico ou qualquer outra documentação é um bom começo para evitar dores de cabeça posteriormente.

Atenção à época do ano

Comida típica de inverno praticamente não tem saída no verão. Para evitar ficar com toda a mercadoria encalhada é preciso se preparar para esse tipo de situação. Dependendo do que é comercializado somente em alguns meses do ano o negócio é muito próspero enquanto que em outros ele é muito fraco. Por isso, a grande sacada é fazer um pé de meia para enfrentar os momentos de baixa. Se capacitar, buscar conhecimentos sobre gestão financeira mesmo que seja apenas o básico já é um bom começo.

Escolha do produto

Dez vendedores ambulantes que vendem o mesmo produto e que estão próximos uns dos outros encontram certa dificuldade nas vendas. Afinal, a concorrência é forte e o preço tende a ficar amarrado para não destoar dos concorrentes e sair prejudicado. Buscar por uma saída, escolher outro produto é uma ótima ideia.

Analisar bem o setor que irá trabalhar como vendedor ambulante é uma sacada genial. Por exemplo, em áreas corporativas a procura maior é por comida como sanduiches e salgados. Sair um pouco do tradicional e oferecer outras novidades como churros, espetinhos, compotas de frutas, comidas regionais também são ótimas opções.