Trabalhar na Kumon – Empregos

O Kumon é uma companhia que disponibiliza acompanhamento escolar, inclusive com aulas especiais de Matemática e de Português. Apesar de a metodologia ser japonesa, os estudantes do Brasil abraçaram bem essa didática e as unidades estão constantemente cheias.

Começando em 1958, os seus programas de acompanhamento educacional são os para os que estão em todos os ciclos e os responsáveis podem determinar quando fazem a matrícula quais são os pontos de dificuldade.

Os estudantes bem pequenos também podem ter aulas nesse sistema, inclusive os que estão na pré-escola. Para estes, que ainda não têm dificuldades, a escola disponibiliza maneiras para que o seu aprendizado seja intensificado: as atividades que eles têm, mesmo lúdicas, são revistas de acordo com o método japonês e é assim que eles absorvem os números, por exemplo, e as cores mais rapidamente.

Os que estão no Ensino Médio podem ver o Kumon como um reforço para a sua preparação de vestibular. O objetivo é que eles tenham segurança, além de serem repassados também os possíveis temas de redações e mais.

 

Por que trabalhar no Kumon?

Além de os docentes serem muito contratados nessa escola, os seus auxiliares também têm muita admissão: é parte da metodologia que os professores tenham-nos para que as dúvidas sejam melhor distribuídas e todos sejam atendidos. Os colaboradores do Kumon têm:

– Estudos para os docentes: um dos grandes desejos dos que lecionam é estudar algo. Com essa rede japonesa, os profissionais sempre têm cursos de qualificação e o tempo que eles passam nessas formações é remunerado.

– Salário: as quantias que essa escola paga aos seus funcionários são adequadas para os seus níveis de escolaridade e para as qualificações que têm. Uma vez que são esses os pontos que a empresa usa para determinar as remunerações, é certo que a qualificação constante fará com que os funcionários tenham aumentos constantes também.

 

Como trabalhar?

Para estar no Kumon, é só acessar https://kumon.com.br/dados-do-kumon/. Os docentes formados e também os trabalhadores dos outros departamentos inscrevem-se por ali e os universitários podem enviar currículos.

        






Sem Comentários.

Deixe um Comentário