Vagas para Salva Vidas em Guarapari ES

Saiu o edital do concurso que tem como objetivo suprir a necessidade de salva-vidas em Guarapari, no Espírito Santo. O edital anuncia a abertura de 50 vagas de emprego em caráter temporário e as oportunidades são para atuar na vigilância das praias e também na orientação dos banhistas.

 

Quais são os pré-requisitos para participar do concurso e a remuneração?

O processo seletivo para as vagas é simplificado, sendo necessário apenas que a pessoa interessada tenha Ensino Fundamental completo, idade igual ou superior a 18 anos e ser brasileiro de nascimento ou naturalizado. A remuneração de um salva-vidas em Guarapari é de R$ 937,31. A jornada de trabalho desse profissional é de 40 horas por semana, sendo que essas horas são divididas em turnos: das 7h às 13h e das 12h às 18h.

Vagas para Salva Vidas em Guarapari ES

Quais são as etapas do processo seletivo?

A seleção dos cinquenta profissionais acontecerá em cinco etapas. A primeira delas é a análise dos requisitos necessários para a vaga; a segunda é o teste de aptidão física; a terceira diz respeito aos resultados dos exames que comprovam a boa condição física; a quarta é a pesquisa sociofuncional que verifica a idoneidade do candidato e a quinta é o curso de salva vidas, que é ministrado pelos bombeiros do Espírito Santo.

 

Inscrição será apenas presencial

Para participar desse processo seletivo é preciso se dirigir à Sede da Secretaria Municipal de Saúde, que fica localizada na Rua Adamastor Antônio da Silva, em Muquiçaba. As inscrições para a seleção vão de 30 de Setembro até o dia 02 de Outubro e o horário é das 12h às 17h.

 

Quais documentos levar para se inscrever?

Para efetuar a inscrição para o processo seletivo, os interessados devem portar o requerimento de inscrição fornecido pela Secretaria preenchido de modo correto; CPF e um documento de identidade com foto; eletrocardiograma que ateste o bom condicionamento físico, sendo esse exame pago pelo candidato, e histórico escolar ou diploma. Os comprovantes de escolaridade estrangeiros só terão valor se revalidados pelo Ministério da Educação e Cultura, o MEC.







Sem Comentários.

Deixe um Comentário