Aproveitamento de disciplinas – como funciona

Não é rara a situação de um aluno universitário mudar de instituição, mas continuar fazendo o mesmo curso. Isso acontece bastante quando esses estudantes ficam insatisfeitos com a administração da faculdade ou mesmo por uma questão de preços: às vezes, eles descobrem que outra instituição cobra menos pelo mesmo curso e decidem fazer a migração.

O problema é que cada faculdade e universidade organiza à sua própria maneira o currículo de cada curso. Por isso, é comum que os estudantes que mudam de instituição recebam a opção de aproveitamento de disciplinas, que facilita bastante a adequação à nova grade.

O que é o aproveitamento de disciplinas?

O aproveitamento de disciplinas é o processo que elimina algumas matérias na nova instituição porque elas já foram estudadas anteriormente, ainda que com o nome ligeiramente diferente.

Por exemplo: uma pessoa que cursava Letras em uma instituição e já fez a disciplina Literatura Contemporânea não precisa estudá-la novamente se muda de faculdade. Nesse caso, o histórico do aluno indicará que aquela disciplina já foi realizada e, provavelmente, será especificado que se tratou de um aproveitamento.

Vale deixar claro que o aproveitamento de disciplinas não prejudica em nada a formação do universitário. Desse modo, o seu diploma terá o mesmo peso que o dos estudantes que fizeram o curso inteiro em um lugar só.

Como fazer o aproveitamento de disciplinas

Para realizar o aproveitamento de disciplinas, o estudante precisa solicitar à faculdade antiga todas as disciplinas já cursadas e levar esse documento até a nova instituição. La, a coordenação do curso avaliará quais são as disciplinas correspondentes e que não precisam ser novamente estudadas.

Geralmente, a resposta sobre o aproveitamento de disciplinas é bem rápida e pode fazer com que o novo estudante da instituição precise comparecer apenas em alguns dias da semana, pois estará liberado de uma parte da grade.

Porém, isso não acontece pelo resto do curso: apenas enquanto as disciplinas equivalentes estiverem sendo estudadas. Assim, é fundamental consultar as mudanças de horário semestrais.




Comentar