Auxílio de R$600 CPF irregular ou app com problema – como corrigir?

O auxílio de R$ 600 está sendo pago a milhões de pessoas que têm renda mensal de até R$ 1.135,00, não recebem auxílios da previdência ou trabalhistas e estão desempregados ou são informais. Apesar de ainda haver muita gente esperando pela aprovação do auxílio, também há diversos cidadãos que já sacaram a primeira parcela.

Contudo, são comuns algumas dificuldades, tais como a mensagem de CPF irregular ou mesmo defeitos no aplicativo. Existem meios de solucionar cada uma das questões e conseguir enviar o pedido de auxílio emergencial.

CPF irregular – como corrigir?

Se o CPF está irregular, é preciso pedir a sua regularização diretamente à Receita Federal e esse procedimento está disponível na Internet. Inclusive, essa medida foi adotada recentemente porque havia muita aglomeração de pessoas nos postos de atendimento presencial, o que ia contra o isolamento social.

O formulário de regularização de CPF pode ser preenchido aqui: https://servicos.receita.fazenda.gov.br/Servicos/CPF/regularizar/Default.asp. Depois, será necessário esperar pela resposta da Receita Federal e, logo depois, fazer o pedido do auxílio emergencial no app da Caixa.

Para quem não tem certeza se o documento está regular e quer saber disso antes de começar o pedido de auxílio emergencial, basta fazer uma consulta rápida aqui: https://servicos.receita.fazenda.gov.br/Servicos/CPF/ConsultaSituacao/ConsultaPublica.asp. Será preciso fornecer à Receita Federal dados como data de nascimento e o número do CPF.

App com defeito – como corrigir?

Se o app Caixa Auxílio Emergencial estiver apresentando problemas, é recomendado desinstalá-lo e instalá-lo novamente, sempre fazendo o download na Google Play Store ou na Apple Store, que são as lojas de aplicativo credenciadas.

Caso o aplicativo ainda apresente problemas, vale a pena conferir se a internet está funcionando bem; às vezes, fazer a troca de dados móveis para Wi-fi e vice-versa pode solucionar.

Nos casos em que nenhuma dessas medidas dá resultado, a pessoa precisa ligar para a Caixa Econômica Federal no telefone 0800 726 0101. Se não houver alternativa e for preciso ir a uma agência, não se pode esquecer de usar máscara.




Comentar