NotíciasProgramas sociais

CAIXA: lista dos CPFs que irão receber R$ 6.220 até março

Uma esperança surge para os trabalhadores que, porventura, foram prejudicados por eventos catastróficos no Rio de Janeiro: a alternativa do saque calamidade, uma modalidade do FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) autorizada para suporte àqueles atingidos por situações de crise ou estado de calamidade pública. Para isso, a residência deve estar nas áreas reconhecidas em estado de calamidade pública ou situação de emergência pelo governo federal.

A ação visa prover recursos financeiros essenciais para o reerguimento e recuperação em tempos de adversidade. É importante ressaltar que será liberado para os residentes impactados pelas fortes chuvas que acometeram a região, e o acesso ao valor pode ser feito de maneira ágil e digital, pelo aplicativo FGTS, em seu smartphone, ou presencialmente, em uma agência da Caixa Econômica Federal, até o dia 31 de março.

O necessário para realizar o saque

Vale lembrar que uma ação indispensável para efetuar o pedido do saque é comprovar que a residência do solicitante encontra-se na relação de ruas afetadas, lista elaborada pela Defesa Civil. Caso o endereço não esteja na lista, pode-se solicitar a inclusão enviando um e-mail à Secretaria Municipal de Trabalho e Renda.

Também é fundamental que o trabalhador não tenha realizado o saque do FGTS por motivo de desastre natural nos últimos 12 meses. A medida é uma maneira de regular quem realmente irá receber o auxílio em virtude de novas situações calamitosas, garantindo que o recurso seja direcionado para aqueles que realmente necessitam.

Valores e prazo para saque

O valor disponível para o saque calamidade é de até R$ 6.220, porém, o beneficiário deve residir na lista de regiões afetadas confirmadas pela Defesa Civil e realizar o pedido até o término do prazo, que é o dia 31 de março.

A liberação do saque calamidade veio em um momento de extrema necessidade para os cidadãos do Rio de Janeiro, oferecendo um suporte financeiro para a reconstrução das áreas e vidas impactadas pelo evento climático extremo. Portanto, é crucial que os beneficiários estejam cientes dos procedimentos e prazos para garantir a obtenção do recurso.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo