Carta de apresentação para estágio – Modelo pronto 2018

As cartas de apresentação podem completar as inscrições para estágio e, apesar de não serem todas as empresas que a pedem, é melhor que se tenha conhecimento dela. A sua estrutura visual é exatamente àquela que se aprende sobre cartas: existe uma saudação e desenvolve-se depois aquele tema, fazendo a despedida ao final.

Contudo, um diferencial bem notório nesse tipo de documento é a sua linguagem: a carta de apresentação para estágio precisa ter nível padrão, significando que a Língua Portuguesa deverá ser respeitada. A formalidade é percebida pela saudação que se faz ao responsável pelo recrutamento: “prezado” ou então “caro”, termos que são vistos apenas em documentos muito formais.

Qual é a utilidade da carta de apresentação para estágio?

Alguns estudantes podem questionar a razão para uma carta seja feita quando já se encaminhou um currículo. Porém, a intencionalidade dos Recursos Humanos quando requisita essa carta é avaliar coisas que não poderiam ser analisadas somente com a candidatura padrão.

No currículo, os recrutadores veem todos os dados muito sinteticamente: onde aquela pessoa estudou, por exemplo, ou quais cursos extras fez. Com a carta de apresentação, todavia, eles ficam sabendo como aquele candidato a estágio se apresenta e qual é a motivação dele para querer aquela vaga, assim como o domínio que ele possui de comunicação formal e ainda de escrita.

Não utilizar sempre expressões padrão

Quando se faz um documento específico, como a carta de apresentação, é comum que se tenda a usar muitas frases já conhecidas, como “Aguardo contato”. Para que o candidato a estágio seja destacado, é recomendado que ele tenha frases um pouco mais elaboradas e, principalmente, que sejam o mais original possível.

Em vez de escrever “Aguardo contato”, por exemplo, pode-se escrever “Caso o(a) senhor(a) acredite que posso colaborar com a empresa, podemos conversar pessoalmente”. Esse tipo de diferenciação vai mostrar ao recrutador que aquele estagiário saberá ir além.

Não dizer que não se tem experiência

É claro que não se pode mentir para o recrutador e que o currículo vai mostrar que não há experiência. Apesar disso, a carta de apresentação não precisará reforçar isso: é mais recomendado focar nas formações relevantes e na garantia de que a possível função será aprendida rapidamente.

Que tipos de dados a carta de apresentação para estágio deverá ter?

No texto da carta de apresentação, o indivíduo vai ter de falar qual o curso que ele finalizou ou que ele está cursando e qual é a instituição. O título também é necessário: deve-se dizer se é licenciado ou se está estudando para ser bacharel, etc. Caso esse candidato já tenha estagiado em outro local, precisará citar o nome e falar de maneira breve do que fazia ali. Indica-se também citar algumas coisas aprendidas naquele estágio, como “melhora das relações interpessoais” e coisas do tipo.

Ao final, deixa-se reiterado o interesse em estar na entrevista, como foi sugerido anteriormente, e usa-se o “Cordialmente” ou então o “Respeitosamente” para a despedida final, assinando depois. É importante que o estagiário lembre-se de lê-la e de fazer correções, tanto a respeito da coerência quanto das normas da Gramática.

Características gráficas da carta de apresentação para estágio

Geralmente, essa carta fica em Arial 12 e é necessário ser cuidadoso com layouts muito inovadores: se o candidato quer colocar uma cor, pode ser uma formatação do Word que tenha um risco como detalhe ou apenas o título em uma fonte colorida, etc. Todavia, com muita moderação: as cores pasteis ou as de tom escuro, como o azul royal, são bem-vindas, enquanto o vermelho vivo não é.

Modelo – Carta de Apresentação – Modelo usado por sua instituição/escola

Carta de apresentação para estágio supervisionado

Em breve mais modelos prontos!


 



2 Comentários

  1. Vando Akiva
  2. Amilton Nogueira carvalh

Comentar