Cesta de Natal – É obrigatório?

A cesta de Natal, é considerada pelos colaboradores, como uma bonificação pelos 365 dias que trabalhou na empresa.

É uma forma dele, se sentir reconhecido, privilegiado e querido pelo seu empregador, pois faz com que, o colaborador construa uma relação com a empresa.

 

É ou não obrigatório? 

Não! A cesta de natal, não é obrigatória, dado em consideração que na legislação trabalhista, não tenha uma lei que obrigue o empregador a fornecer uma cesta de natal, porém já se consolidou como uma tradição mundial por muitas empresas.  Esse costume começou no Império Britânicos, no século 17. 

 

Existe pessoas que prefiram o vale compra, o valor da cesta em dinheiro, mas será que é o mesmo sentimento de receber a cesta, feita exatamente para você? 

 

Não! Não é o mesmo sentimento, cuidado e amor, quando você se programa durante o ano inteiro, para sair e escolher cada produto, que irá na cesta. Quando você faz isso, você mostra a importância que o colaborador tem para sua empresa, para você, para a família dele que junto com ele, vai receber a cesta se sentindo importante e reconhecido. 

 

A quem diga que a cesta de Natal é ultrapassada, será?

 

Não é, e pouco provável será um dia, pois se você pensar que, os colaboradores, sempre está esperando por ela, mesmo que estejam na empresa a anos ou meses, porque sempre teremos funcionários novos, que saberão que no fim do ano, tem a famosa e tradicional CESTA DE NATAL, vê o rosto de cada um, sorrindo, agradecido não tem preço e acaba sendo impossível pensar sequer que essa tradição seja algo ultrapassado. 

 

Existe pesquisas que falam que quase 90% das pessoas esperam o momento de celebrar o Natal com suas famílias e amigos. 

 

Qual a vantagem de dar cesta de Natal, para o colaborador? 

 

Dentre tantas vantagens, uma delas é construir relações mais próximas, entre o colaborador e o empregador, dando engajamento para que a empresa cresce também no mercado, aumentando sua marca, dentro e fora da empresa. 

 

A outra vantagem é manter o colaborador ainda mais perto da empresa, com uma motivação, vontade de mostrar mais competência e produtividade no próximo ano. 

Com a cesta de natal, você dá chances para seu colaborador que no próximo ano, ele se renove, aumente sua produtividade, seu empenho, para que seu reconhecimento seja mantido sempre.