CNH Social Sest Senat 2018 – Tirar CNH grátis

A CNH Social e inserção de novos motoristas já tem os primeiros beneficiários. Os candidatos já estão sendo convocados para que o processo possa ser concluído. Os projetos primeira habilitação para o transporte desenvolvido pelo SEST SENAT já beneficiaram mais de 13.600 jovens e profissionais em todo o país.

As unidades do SEST SENAT incluíram para essa nova categoria para as etapas do processo de habilitação a inclusão em cursos de qualificação, a realização de exames de aptidão física e mental, o curso teórico técnico e/ou de prática de direção veicular e o exame de direção para a emissão ou mudança da CNH.

O programa tem como objetivo inserir no mercado de trabalho cerca de 60 mil novos motoristas. Isso faz com que os CNH Social Sest Senat 2015 - Tirar CNH grátis 01candidatos inscritos no SEST SENAT fiquem atentos pois as convocações estão sendo feitas através do e-mail de cada inscrito.

Vale lembrar que os projetos Primeira Habilitação para o Transporte – CNH Social e Habilitação Profissional para o Transporte – Inserção de Novos Motoristas (Mudança de Categoria), lançados em 2014, têm como objetivo de suprir a falta de profissionais no mercado de trabalho do setor de transporte.

Os profissionais formados nos cursos conseguem com muito mais facilidade uma oportunidade no setor. Muitos dos que fizeram o curso já estão atuando no setor e estão satisfeitos com o novo trabalho. O SEST SENAT está pagando todos os custos para os candidatos que desejam tirar a carteira de motorista na categoria B e as mudanças para as categorias C, D ou E. o intuito é que 60 mil pessoas sejam beneficiadas com o projeto.

Ao todo os projetos estão sendo desenvolvidos em 96 Unidades Operacionais do SEST SENAT em todo Brasil. No momento as inscrições não estão abertas, mas é preciso ficar atento no e-mail que foi cadastrado no ato da inscrição, pois é através do mesmo que novos candidatos serão selecionados. Para maiores informações acesse o site do SEST SENAT no link http://www.sestsenat.org.br/. Saiba mais sobre cnh social.


 



8 Comentários