Como assistir jogos de futebol no trabalho com a Dazn

Muitos amantes de futebol querem acompanhar o seu time, ou a Seleção Brasileira, e não conseguem porque estão em horário de trabalho. Muitas vezes, essas pessoas não sabem onde assistir ao vivo e a Dazn é a melhor solução: trata-se de um aplicativo muito fácil de usar com o qual se pode ver diversos campeonatos.

Ele é compatível com IOS e Android e, além de ser aberto nos smartphones, também é possível acompanhar os jogos pelo navegador. Apesar de o foco deste artigo ser o futebol, esse aplicativo também possibilita assistir a outros esportes, como boxe, dardos, tênis, automobilismo e kickboxing.

Como usar a Dazn para ver os jogos

A pessoa que quiser usar a plataforma pelo navegador deve acessar http://dazn.com/ e clicar no banner amarelo “Experimente grátis por um mês”. Uma tela de cadastro será apresentada e, quando a pessoa terminar de preenche-la, deve clicar em “Continuar”. Em seguida, a Dazn pedirá que o internauta escolha a forma de pagamento: o site libera vale-presente ((quem ganhou um tem de colocar o seu código) e escolha de cartão de débito ou crédito.

Uma vez que o cadastro na Dazn estiver terminado, a plataforma mostrará a mensagem “Você entrou”. Várias informações estarão nessa mesma tela, inclusive quando o mês de gratuidade terminará. Depois de conferir tudo, o internauta tem de clicar em “Começar a assistir”.

A página inicial será apresentada e, se o usuário clicar em “Esportes”, bastará selecionar “Futebol” e usar os filtros para escolher o campeonato. Se não quiser assistir, apenas saber quando serão os próximos jogos, o internauta tem de clicar em “Programação”; aparecerá uma barra com vários quadradinhos com os dias do mês e o dia as semana. Selecionando um deles, pode-se ver se haverá algum jogo.

Cancelamento da Dazn

O internauta que não quiser continuar usando a Dazn poderá efetuar seu cancelamento sem nenhuma cobrança, desde que o faça antes do fim da gratuidade. Se desejar, poderá ainda cancelar depois, com a cobrança correspondente à mensalidade.





Comentar