Como fazer para ser demitido? Justa Causa ou Acordo

Muitos trabalhadores têm o desejo de sair do seu emprego, mas não querem pedir demissão, preferindo esperar ser demitidos. Normalmente, há duas justificativas para isso: não perder o seguro desemprego (que só é pago quando a demissão parte da empresa) e também não passar pela situação delicada de pedir o desligamento profissional.

Existem algumas técnicas para ser demitido, mas é preciso ter cuidado: cometer muitos erros intencionalmente, chegar atrasado sempre ou brigar com colegas e chefes pode motivar uma demissão por justa causa, o que também impede o pagamento do fundo de garantia e do seguro desemprego.

O que fazer, então, para ser demitido?

A opção mais segura e mais madura é conversar com o chefe e deixar claro que se deseja sair, mas que não se quer perder os benefícios de uma demissão sem justa causa. Se possível, a empresa pode providenciar um acordo com esse funcionário: nele, a dispensa fica sendo sem justa causa e o funcionário abre mão de alguma coisa que favoreça a empresa.

Quando não é possível para a empresa fazer um acordo naquele momento, o trabalhador pode pedir, então, que o RH se lembre dele no momento de fazer corte de pessoal e o inclua. Porém, é muito comum que os acordos sejam feitos porque eles são benéficos para a empresa e para o colaborador.

O que não fazer para ser demitido?

Como dito, certas pessoas acabam tentando incentivar a empresa a demiti-las por meio de condutas reprováveis e isso pode ser um tiro no pé: é bem possível que a empresa realmente demita essa pessoa, mas por justa causa, tirando dela a possibilidade de receber fundo de garantia e seguro desemprego.

Algumas das condutas que podem ser um tiro no pé são:

 

  • Deixar de entregar relatórios e cumprir compromissos;
  • Assediar moralmente alguém com brincadeiras desagradáveis;
  • Faltar sem justificativa;
  • Deixar de respeitar o dress code da empresa;
  • Usar o material da empresa para finalidades pessoais;
  • Chegar atrasado frequentemente;
  • Desrespeitar qualquer colega ou o chefe;
  • Deixar atividades atrasadas;
  • Não comparecer em reuniões



Comentar