Como pedir férias no trabalho do jeito certo?

Nem sempre a empresa toma a iniciativa de liberar as férias para o funcionário; porém, se o tempo de sair em descanso já aconteceu, é claro que o trabalhador quererá perguntar por si só sobre esse direito.

No entanto, é importante pedir as férias no trabalho do jeito certo: dependendo de como o assunto for tratado, pode parecer que o colaborador está cobrando ou que ele não tem interesse em ajudar a empresa.

Primeiramente, é necessário ter plena certeza de que se está no período de tirar férias: elas acontecem uma vez por ano para quem tem registro em carteira e, geralmente, duram 30 dias corridos.

Se o trabalhador solicita as suas férias sem estar no período devido, pode passar uma impressão equivocada de quem deseja apenas ficar fora da empresa: por mais que a solicitação antecipada tenha sido somente um engano de cálculo, será difícil comprovar isso.

Para se certificar de que é o período de tirar férias, pode-se anotar sempre o dia da admissão ou do retorno desde a última vez que se usou esse benefício ou pedir essa informação a alguém de confiança que atue no RH.

Como abordar o assunto

  • Com a certeza de que já se passou um ano e há o direito de tirar férias, deve-se perguntar cordialmente ao chefe se já existe previsão de época para sair em descanso. O ideal é falar isso de forma particular, seja pessoalmente ou por e-mail;
  • Conferir se a empresa está passando por uma situação de alta demanda de serviço. É claro que isso não muda o direito do trabalhador de descansar a cada um ano. Porém, a falta de interesse em ajudar a empresa no momento crítico pode pegar mal e é mais benéfico esperar mais um tempo para sair de férias e, com isso, ganhar pontos com os gestores;
  • Evitar dizer que estar cansado: basta dizer que já faz um ano desde as últimas férias e que se quer saber de previsão para as próximas.




Comentar