Como preencher experiência no currículo

Até mesmo as pessoas mais leigas sabem que existem certos pontos que são obrigatórios quando se compõe um currículo, como a área das experiências profissionais. Essa parte das informações é necessária porque permite que os recrutadores conheçam o nível de desenvoltura que aquela pessoa pode ter para determinada função: quanto mais ela já a tiver desempenhado antes, mais desenvolta.

Contudo, as dúvidas relacionadas a como preencher essa experiência são muitas: que tipo de colocação profissional deve ser mencionada? O que fazer se não se tem experiência? Que tipo de dados sobre as experiências profissionais são esperados pelos recrutadores?

Quem se candidata tem de lembrar de que o recrutador precisa ter uma perspectiva geral do que essa pessoa já fez. No entanto, é claro que ele não terá o dia todo para visualizar duas páginas inteiras de experiência profissional, por exemplo. Com isso, deve-se saber reconhecer que antigos trabalhos serão prioridade.

Para quem possui experiência: como preencher?

Primeiro, todas as experiências profissionais são parecidas com a vaga pleiteada agora? São no mesmo setor, ao menos? Se forem, vale a pena colocar tudo, mencionando qual foi o período trabalhado e, se a pessoa quiser, um pouco da sua rotina profissional.

Porém, e quando a pessoa quer uma vaga de secretária, mas sempre trabalhou com um ramo diferente? Ela pode colocar as suas experiências, mas desde que tenha ao menos alguma característica em comum. Falando de novo do exemplo da secretária: se esse indivíduo já atuou como atendente de Telemarketing, por exemplo, pelo menos ele possui experiência na área de comunicação.

A referência, quando colocada, também fica na parte da experiência. Ela não é obrigatória quando o trabalhador redige sozinho seu currículo; contudo, se a pessoa for colocá-la, é preciso observar se o telefone está mesmo correto. Afinal, colocar um telefone errado pode demonstrar ao recrutador que não se conhece aquela empresa.

Para quem não tem experiência

O melhor é que não se deixe totalmente em branco, mencionando algum tipo de projeto social que se tenha realizado, servindo os voluntariados.


 



10 Comentários

  1. jaqueline rodrigues sobrinho
  2. luzia
  3. joao pedro jp
  4. Samuel felicio
  5. Ana Cristina Alves cardoso
  6. Erica
  7. sergio moreno
  8. Renato barboza ferreira
  9. Leila Fernanda Maciel

Deixe um Comentário: