Como se tornar coaching – Dicas

O coaching se tornou uma das profissões de mais sucesso nos últimos anos e esse profissional pode se especializar em vários setores.

Olhando o Instagram, por exemplo, é possível achar milhões de perfis de coaches, que são procurados até por pessoas famosas para ter orientação individual sobre determinado tema. Se você se identifica com essa profissão e quer se tornar coaching, veja as dicas mostradas aqui para começar nessa noiva carreira.

1 – Pré-requisitos para se tornar coaching

Mesmo que algumas pessoas a critiquem, essa é uma profissão como as demais e tem certos pré-requisitos. Para começar, o coaching deve saber se comunicar de maneira clara, passando as orientações aos seus clientes de maneira assertiva e objetiva, estando preparado para tirar dúvidas sempre que necessário.

É importante também que o coaching tenha grande disponibilidade: é claro que ele não precisa ficar 24h à disposição do cliente, mas é interessante que ele possa ser encontrado o mais facilmente possível via WhatsApp e aqui entra mais um pré-requisito, que é entender das conectividades básicas, como o apo de mensagem citado.

2 – Capacitação

Alguns podem achar que a carreira de coaching é livre, ou seja, que as pessoas simplesmente se tornam coaches do dia para a noite. É verdade que existem indivíduos assim, mas é muito importante que se faça um curso de especialização: ele ensinará coisas essenciais, como técnicas de Psicologia que sejam aplicadas àquele objetivo.

O Instituto Brasileiro de Coaching (IBC) é um lugar de confiança no qual os interessados na profissão podem se desenvolve com cursos online de qualidade: http://www.ibccoaching.com.br/.

3 – Saber em qual tipo de coaching atuar

Muitos ficam surpresos ao saber quantos tipos diferentes de coaching existem e quem quer ser um profissional desse tipo deve escolher o ramo no qual se encaixa melhor. Algumas opções:

  • Relacionamento – ajuda os clientes a entender as limitações que os atrapalham na vida pessoal e superá-las;
  • Negócios – ajudam a escolher metodologias que ampliem os resultados das empresas;
  • Vida – serve para analisar a vida do cliente em geral e buscar melhorias.

 




Comentar