Como trabalhar na Via Sul Engenharia – Vagas de empregos

Possuindo milhares de móveis terminados e entregues, a Via Sul Engenharia é uma companhia de construção que trabalha no Pará, Rio de Janeiro, Goiás, Minas Gerais Mato Grosso do Sul e Mato Grosso, além de São Paulo. Os clientes que escolhem essa construtora têm informações atualizadas sobre cada etapa do seu imóvel, sentindo mais segurança.

O financiamento oferecido por ela tem a participação do Banco do Brasil e da Caixa Econômica Federal e os consumidores podem pedir manutenção, segunda via de cobrança e outros usando o portal próprio para eles. A maior parte dos imóveis dessa construtora é destinada ao programa Minha Casa Minha Vida e é possível ver opções decoradas em muitos lugares, como São Gonçalo e Belém.

A Via Sul recebe o cadastro de vários terrenos e pode compra-los dos seus proprietários. Esses terrenos podem ser em quaisquer áreas, sendo necessário fazer a descrição, inclusive de como é a região na qual ele está.

Dentre os imóveis já feitos por essa construtora, destacam-se o Jardim Montreal, Villa Fiori, Vale Supremo, Águas de Lisboa, Campo das Flores, Águas do Parque, Águas do Bosque, Ideale Premium, Marajoara I, Águas do Alvorada, Residencial Reserva do Bosque, Residencial Park Rita Maria, Jardim Unique, Campos Sublime, Campos dos Buritis, Park Club e diversos outros.

Motivos para trabalhar na Via Sul Engenharia

O Programa Minha Casa Minha Vida já entregou milhares de imóveis e as construtoras que trabalham com ele têm sempre projetos. Seus conjuntos residenciais apresentam parcelas de valores diversos e os colaboradores da Via Sul Engenharia têm ótimos benefícios.

Como mandar um currículo para a Via Sul Engenharia

É possível mandar o currículo para a construtor com o link https://viasul.com/trabalhe-conosco/.  O profissional precisará somente inserir o tipo de função que procura e preencher as suas informações e outra opção é ir à Via Sul Engenharia pessoalmente com o currículo. O indivíduo que tem LinkedIn pode, no link dado, clicar em “Mídias Sociais” e, depois, na plataforma.






Comentar