Como usar o App Caixa Tem para receber o FGTS de até R$ 1.045

Além do auxílio emergencial, também foi permitido que os trabalhadores pudessem sacar o seu Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) de forma emergencial e com a quantia máxima de R$ 1.045, que é o valor do salário mínimo.

A autorização serve para quem tem contas ativas ou inativas e os primeiros saques, para quem abriu uma Poupança Social Digital da Caixa Econômica Federal, começaram no dia 29 de junho.

Algo que vai facilitar o recebimento dessa quantia por parte dos trabalhadores é que se ele tem o app Caixa Tem, pode usá-lo para fazer o pedido do seu fundo de garantia emergencial em vez de fazer o download de um aplicativo especial para isso.

Uma das funcionalidades no menu do Caixa Tem é justamente o FGTS emergencial; assim, o trabalhador tem de selecioná-la e colocar as suas informações para saber se existe saldo de FGTS e já fazer o pedido.

No entanto, mesmo que a Caixa Econômica Federal confirme que há fundo de garantia a receber e defira o pedido emergencial, o cidadão não receberá na mesma hora e sim de acordo com o calendário do banco.

Esse calendário leva em conta se a pessoa quer receber o fundo de garantia emergencial na conta que possui em outro banco ou se quer recebê-lo pela Poupança Social Digital da Caixa, que é indicada para quem não tem nenhuma conta em outro banco.

Além disso, também é necessário respeitar a sequência de pagamentos norteada pela data de nascimento, coisa com a qual qualquer um que já recebeu um benefício pela Caixa está acostumado.

Com o app Caixa Tem, o cidadão pode usar o dinheiro liberado para pagar boletos diretamente por ali, sem precisar ir ao aplicativo do seu banco, caso seja correntista em outro lugar.

Calendário FGTS emergencial para depósito no Caixa TEM

Mês de aniversário Dia do depósito
Janeiro 29/jun
Fevereiro 6/jul
Março 13/jul
Abril 20/jul
Maio 27/jul
Junho 3/ago
Julho 10/ago
Agosto 24/ago
Setembro 31/ago
Outubro 8/set
Novembro 14/set
Dezembro 21/set

Há várias lojas que estão cadastradas no Caixa Tem para permitir que os cidadãos façam compras virtuais com o dinheiro liberado e dentro do próprio aplicativo, que está nas lojas IOS e Android.




Comentar