Concurso Censipam 2012 – Edital e Inscrição

O concurso público se tornou uma das melhores formas para adquirir uma boa vaga de emprego, justamente por isso o número de concorrentes aumentou drasticamente durante os últimos anos.

Reflexo disso, é o fato de ficar mais difícil ser aprovado em um concurso, dificultando muito a vida de quem realmente necessita dessa vaga, mesmo porque existem várias pessoas já seguem carreira profissional e acabam recorrendo ao concurso, visando ser uma oportunidade de maior segurança financeira.

Concurso Censipam – Informações

Os concursos de órgãos Federais são sempre muito esperados pelos brasileiros e no caso do Concurso Censipam (Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia) não é diferente.

Concurso Censipam 2012 - Edital e Inscrição

O Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão aprovou o pedido da instituição para a realização de um concurso público que tem por finalidade preencher o quadro de funcionários, pois existem algumas vagas que estão em aberto. No total serão oferecidas 40 vagas para cargos de Analista em Ciência e Tecnologia.

Essas vagas serão oferecidas apenas para candidatos de nível superior, justamente por isso os candidatos devem se preparar para passar por uma avaliação de títulos.

Essa avaliação é sempre feita quando envolvem candidatos de nível superior, visando dessa forma analisar seu certificado de formação superior. Segundo informações a quantidade de vagas oferecidas é referente a contratos imediatos, porém a instituição pode aumentar o número de vagas até o lançamento do edital oficial, isso só irá depender de suas necessidades.

Lançamento do Edital

Assim que o Ministério do Planejamento aprova a realização do concurso, a instituição tem até o máximo de seis meses para apresentar o edital oficial, esse prazo é para que a instituição faça um levantamento de preços junto às fundações e assim contratar a que melhor oferecer custo benefício.

Segundo informações, é bem provável que a instituição lance o edital antes do prazo, justamente porque o quadro de funcionários está bastante desfalcado e os profissionais que estão atuando nessas áreas são terceirizados e por sua vez estão trabalhando fora da lei regente.


 



Comentar