Concurso IAPEN AP 2018

A partir dessa segunda metade de setembro, o Instituto de Administração Penitenciária do Amapá (IAPEN AP) começou a receber as inscrições para seu certame público de 2018. Com organização da Fundação Carlos Chagas, o edital terá vagas para cotas e para a ampla concorrência: no geral, são 550 oportunidades e 440 delas serão destinadas ao cadastro reserva.

As funções incluídas no edital da IAPEN AP são agente penitenciário e também educador social penitenciário. Ambos terão cadastro reserva e contratação imediata.

Requisitos Concurso IAPEN AP 2018

Para as duas funções, é obrigatório que os concurseiros tenham ensino médio completo e eu sejam maiores de idade, além de o seu certificado ser aceito pelo Ministério da Educação. Será preciso que os agentes penitenciários e os educadores sociais penitenciários não tenham antecedentes e que gozem de boa condição de saúde.

Os inscritos para o concursoque forem do sexo masculino deverão ter o certificado de reservista, que será pedido pelo IAPEN ou pela Fundação Carlos Chagas na hora da convocação. Mais uma documentação para esse concurso sé o comprovante dos últimos turnos eleitorais; na ausência dele, os concurseiros podem fazer uso também da Certidão de Quitação Eleitoral.

Etapas Concurso IAPEN PA 2018

Os concurseiros do Instituto de Administração Penitenciária do AP terão prova de múltipla escolha em 9 de dezembro, além de exame documental, de exame psicológico, exame de capacidade física, avaliação médica e a investigação social.

Para o agente penitenciário, alguns dos conteúdos pedidos serão Noções de Direitos Humanos, Noções de Direito Constitucional, História do Estado, Língua Portuguesa e outros. Para os educadores sociais penitenciários, os conteúdos serão Noções de Sociologia, Lógico-Matemático, Populações vulneráveis nos presídios e outros.

Edital Concurso IAPEN AP 2018

Está no site da Fundação Carlos Chagas: http://www.concursosfcc.com.br/.

Inscrições Concurso IAPEN AP 2018

São feitas no site da Fundação Carlos Chagas, até 15 de outubro (especificamente até as 14h) e com taxa de participação de R$ 85,00. Os cidadãos participantes de programas sociais podem pedir à banca organizadora a isenção. Cabe lembrar que o horário-base é o de Brasília.


 



Deixe um Comentário: