Concurso Marinha 2019 – Fuzileiros Navais

As Forças Armadas do Brasil liberaram o edital do concurso de 2019 para fuzileiros navais da Marinha. São oferecidas 490 vagas, com 192 delas exclusivas para os inscritos afrodescendentes. Quem conseguir a nota necessária no concurso se tornará Recruta Fuzileiro Naval, realizando um curso e com remuneração.

Acabando esse curso com bom aproveitamento, o recruta fará mais um concurso, que será para a função de cabo. Dentre as unidades da Marinha para as quais há vagas está o Batalhão de Defesa Nuclear de Aramar, Grupamento de Fuzileiros Navais do Rio Grande e outros. Os vencimentos são de R$ 2.627,00 para os que chegarem a cabo.

Requisitos Concurso Marinha 2019 – Fuzileiros Navais

Os participantes do concurso para fuzileiros navais da Marinha não podem apresentar antecedentes criminais e devem ter a certidão de quitação eleitoral ou comprovantes das últimas eleições. Os inscritos têm de ser do sexo masculino e ter de 1,54m até 2,00m.

Todos os que quiserem participar deverão ter de 18 a 21 anos, apresentar boa conduta, ter os documentos de serviço militar ou reservista e o certificado do ensino médio emitido por uma escola que seja reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).

Etapas Concurso Marinha 2019 – Fuzileiros Navais

Os concurseiros da Marinha terão prova de Matemática e de Língua Portuguesa (em 25 de maio, provavelmente), inspeção de saúde, avaliação psicológica, verificação dos dados pessoais, teste de capacidade física e análise de todos os documentos fornecidos. A prova para os candidatos a fuzileiros navais terá 50 perguntas e o conteúdo foi listado pela Marinha em seu edital.

Edital Concurso Marinha 2019 – Fuzileiros Navais

O edital está no link https://www.inscricao.marinha.mil.br/marinhafn/index_concursos.jsp?id_concurso=57e pode ser baixado usando o último hiperlink da página.

Inscrição Concurso Marinha 2019 – Fuzileiros Navais

Deverá ser realizada nos postos mencionados no edital ou no site acima, de 27 de fevereiro até 28 de março, com taxa de participação de R$ 42,00. Indivíduos que estão em programas como o Bolsa Família podem ser isentos pelas Forças Armadas.





Comentar