Concurso Polícia Militar SP 2018 Soldado – Edital e Inscrição

Organizado pela Fundação Vunesp, o novo certame da Polícia Militar do Estado de São Paulo vai admitir mais 2.700 soldados no ano de 2018. Exigindo ensino médio ou formação que seja equivalente, as vagas são para soldados dos dois sexos e o concurso terá a validade de 180 dias, com a PM paulista podendo prorroga-lo.

É exigido que esses soldados tenham 17 anos ou idade superior a isso e que sejam brasileiros, sendo preciso Carteira Nacional de Habilitação do tipo E ou B. Outras coisas que a PM de São Paulo pede é que se tenha o mínimo de 1,55cm para as mulheres e que os homens não tenham menos que 1,60cm.

A Fundação Vunesp realizará prova de múltipla escolha para esses soldados em 3 de junho e também haverá análise de documentos, prova dissertativa, exame psicológico e muito mais. Os locais para as provas serão Sorocaba, Presidente Prudente, Piracicaba, São José dos Campos, São Paulo, Campinas, São José do Rio Preto, Ribeirão Preto, Araçatuba, Santos e também Bauru.

Inscrição

Ocorrerá em https://www.vunesp.com.br/ de 22 de março até 19 de abril e a taxa de inscrição será de R$ 50,00. Para os futuros soldados que têm sua família no Cadastro Único, haverá isenção, mas eles têm de requisitar isso enquanto estiverem se inscrevendo e apresentar depois o comprovante do CadÚnico. A Fundação Vunesp poderá indeferir a isenção no caso de irregularidade e o concurseiro terá a chance de interpor o recurso.

Os temas encontrados nas provas serão crase, regência nominal e verbal, pontuação, antônimos e sinônimos, colocação pronominal, Segunda Guerra Mundial, polícias neoliberais, mínimo múltiplo comum, regra de três simples, sistema métrico, noções de Geometria, Nova Ordem Mundial, Word 2010, Power Point 2010 e outros.

Há ainda um vasto conteúdo programático referente às leis e ele inteiro estará no edital da Fundação Vunesp. Os aprovados para a PM de São Paulo terão curso de formação e, no começo, os seus vencimentos serão de R$ 3.049,00, lembrando que existe insalubridade e a gratificação RETP.


 



Deixe um Comentário: