Concurso Prefeitura do Rio de Janeiro Agente Educador 2019 – Edital e Inscrições

A Prefeitura do Rio de Janeiro está selecionando 400 profissionais de Educação no seu último edital da pasta, que foi lançado no dia 27 de março. Serão 23 vagas apenas para os candidatos que tiverem deficiência e mais 80 vagas para os que se declararem negros.

O edital da Prefeitura carioca será válido por 24 meses e poderá ser prorrogado. Todas as vagas são para a mesma função: a de agente educador II, com vencimentos mensais de R$ 1.350,63, bem como R$ 178,20 de vale transporte e R$ 264,00 de vale alimentação.

A carga horária para o agente educador é de 40 horas por semana. Algumas das regiões que precisam dos agentes educadores são Flamengo, Catete, Cosme Velho, Humaitá, Leme, Ipanema, Rocinha, Gávea, Jardim Botânico, Alfo da Boa Vista e outras.

Requisitos Concurso Prefeitura do Rio de Janeiro Agente Educador 2019

É obrigatório ter se alistado no exército (requisição explícita aos homens) e ter o ensino médio completo, inclusive com a apresentação de certificado reconhecido pelo Ministério da Educação. As pessoas inscritas terão de ser aprovadas na avaliação médica e não possuir débitos com a Justiça Eleitoral. Para meios de comprovação, elas poderão usar a Certidão de Quitação Eleitoral ou os canhotos das últimas votações.

Etapas Concurso Prefeitura do Rio de Janeiro Agente Educador 2019

Será usada uma prova de múltipla escolha com 40 perguntas, divididas entre Matemática, Português e assuntos do Estatuto da Criança e do Adolescente. A Prefeitura do Rio de Janeiro publicará posteriormente os locais e os horários da prova, cuja data prevista é 16 de junho.

Edital Concurso Prefeitura do Rio de Janeiro Agente Educador 2019

Ele está publicado no Portal dos Concursos da prefeitura carioca: http://www.prefeitura.rio/web/portaldeconcursos.

Inscrições Concurso Prefeitura do Rio de Janeiro Agente Educador 2019

Têm de ser realizadas entre 1 e 11 de abril, com a taxa de participação em R$ 80,00. Para o candidato poder solicitar isenção da taxa, é importante que ele tenha a assistência do governo, como o Bolsa Família.




Comentar