Concurso Secretaria de Estado da Justiça e da Cidadania (Sejuc) de Roraima 2020

Novo concurso público à vista para as pessoas de Roraima: é o edital da Secretaria de Estado de Justiça e Cidadania, que está sob a responsabilidade do Instituto AOCP. Serão 423 cargos, todos eles destinados à vaga de agente penitenciário e aceitando homens e mulheres.

A carga horária dos agentes será de 40 horas por semana e o salário oferecido é de R$ 4.421.

A validade será de 24 meses, com possível prorrogação, e algumas das tarefas que o agente penitenciário tem em Roraima são conferir os presos todos os dias, verificar o comportamento deles e reportar qualquer mudança, assegurar os direitos individuais dos detentos, aplicar penas alternativas, acompanhar os presos em todos os seus deslocamentos, participar da reinserção social dos presos, atuar na fuga iminente, prestar assistência aos condenados e outros.

Requisitos Concurso Secretaria de Estado da Justiça e da Cidadania (Sejuc) de Roraima

Para ser agente penitenciário em Roraima, os inscritos precisam não ter nenhum problema com o serviço militar, apresentar boa saúde psicológica e física, ter acabado o ensino médio e possuir certificado reconhecido pelo Ministério da Educação, não ter pendências com a justiça eleitoral, possuir carteira de habilitação AB e ser maior de idade.

Etapas Concurso Secretaria de Estado da Justiça e da Cidadania (Sejuc) de Roraima

Os inscritos para trabalhar no sistema penitenciário de Roraima farão prova de capacidade física, passarão por exame toxicológico, farão um curso profissional gratuito, prova de múltipla escolha, avaliação de condição psicológica e terá também os seus antecedentes avaliados.

Edital Concurso Secretaria de Estado da Justiça e da Cidadania (Sejuc) de Roraima

O edital para o concurso da SEJUC de Roraima pode ser acessado aqui http://www.institutoaocp.org.br/concursos.jsp.

Inscrição Concurso Secretaria de Estado da Justiça e da Cidadania (Sejuc) de Roraima

As inscrições deverão ser feitas no link do Instituto AOCP até 23 de julho. A taxa de participação cobrada é de R$ 110 e o edital dá instruções sobre como proceder ao pedido de isenção em caso de baixa renda.

 




Comentar