Concurso Vigilante Penitenciário GO DGAP 2019 – Inscrições

O governo de Goiás, por meio do Departamento Geral de Administração Penitenciária (DGAP) anunciou seu novo concurso de 2019 para a contratação de vigilantes penitenciários.

Os selecionados ficarão no cargo por 12 meses, inicialmente, e o salário será de R$ 1.950,46, incluindo auxílio alimentação e gratificação. O concurso terá 237 vagas para mulheres e mais 2.287 vagas para os homens, com carga horária de 40 horas por semana.

Requisitos Vigilante Penitenciário GO DGAP 2019

Os candidatos a vigilantes penitenciários precisam ter ensino médio com certificado expedido pelo MEC. É obrigatório bom histórico de antecedentes e ser maiores de idade quando começarem o trabalho na penitenciária.

Também será necessário aos candidatos não possuir pendências com a Justiça Eleitoral e ser aprovado nos exames físicos e mentais.  Os homens candidatos a vigilantes penitenciários deverão comprovar que não têm débitos com o Serviço Militar.

Etapas Vigilante Penitenciário GO DGAP 2019

A banca organizadora, que é a instituição “Escola do Governo”, aplicará prova de múltipla escolha nos municípios de São Luís de Montes Belos, Formosa, Caldas Novas, Goiânia, Cidade de Goiás, Luziânia, Aparecida de Goiânia, Rio Verde e Uruaçu.

Espera-se que a prova para vigilante penitenciário aconteça em 1 de dezembro, incluindo temáticas como Lei de Execução Penal, Ética no Serviço Público, Aspectos Políticos e Econômicos do Brasil e de Goiás, Língua Portuguesa, Crimes Contra a Administração Pública, Direitos Humanos e outros.

Edital Vigilante Penitenciário GO DGAP 2019

O edital para o concurso de vigilante penitenciário em Goiás está no site da Superintendência da Escola de Governo, no site http://www.escoladegoverno.go.gov.br/selecoes/concursos-e-selecoes.html.  Clicando no link correspondente ao edital da DGAP, o candidato verá o site do Instituto Americano de Desenvolvimento (IADES), que é a banca organizadora oficial.

Inscrição Vigilante Penitenciário GO DGAP 2019

Precisa ser realizada no site acima até 13 de outubro, com taxa de participação em R$ 40,00. Para as pessoas inseridas no Cadastro Único para Programas Sociais, pode ser concedida a isenção completa, de acordo com o que o IADES indica em seu edital.






Comentar