Criar currículo no Facebook Empregos

O Facebook passou por diversas ampliações e agora chega ao mercado profissional por meio do Facebook Empregos. Essa será uma funcionalidade a mais que essa rede social terá: no seu perfil, o candidato poderá visualizar diversas vagas e as empresas que estão conectadas poderão anunciar suas contratações da mesma maneira que fazem com o LinkedIn, por exemplo.

Os usuários não vão ter de pagar nada a mais para ver essas vagas e, em um primeiro momento, a rede tende a disponibilizar o “anunciar” apenas para as companhias menores. Posteriormente, espera-se que as grandes multinacionais também possam recrutar utilizando essa rede social.

Como criar currículo no Facebook Empregos?

Como essa é uma ferramenta bastante nova na rede social, não se tem tutoriais sobre como esses currículos podem ser feitos, inclusive porque a maior parte dos seus usuários ainda não consegue dispor do Facebook Empregos. O motivo é que as atualizações estão sendo mandadas de maneira lenta para os perfis.

Contudo, é possível que a rede social deixe o usuário fazer um currículo ou mesmo fazer o upload de algum que ele já tenha pronto. Outra possibilidade na qual se acredita é que os recrutadores possam considerar o próprio perfil pessoal dessas pessoas, apesar de ser possível também que a rede social “separe” esse tipo de acesso. De toda forma, ainda se tem de esperar tanto para a realização do currículo quanto para ter certeza sobre como tudo funcionará.

Por que o Facebook empregos está sendo criado?

A utilização dessa rede social como uma maneira de conseguir emprego não é algo novo: na sua busca, consegue-se ver dezenas de grupos que são para anúncios de vagas. Da mesma forma, as empresas que têm um perfil usam os seus próprios posts para comunicar as pessoas sobre os processos seletivos.

Pensando nisso, o Facebook Empregos é como uma evolução bastante plausível, apesar de não ser para todos os países, por enquanto: além do Brasil, a ferramenta será disponibilizada na Itália, na Argentina, na Espanha e também no Reino Unido.




Comentar