Cronograma para Estudar para Concursos – Estratégias de Estudo

Estudar é com certeza a parte mais importante para conseguir se dar bem em um concurso, porém muitas pessoas acabam tendo dificuldades em começar os seus estudos, esse problema é bastante comum, mesmo porque a maioria das pessoas que estão atrás de um concurso não são acostumadas a estudar de forma intensiva.

Primeiramente, deve ser feito um levantamento sobre o tempo que você tem para estudar, esse tempo deve ser devidamente calculado através de uma tabela, para que seja possível saber com clareza quantas horas você tem por dia para que possa se concentrar e estudar.

Algumas Dicas

Faça uma pequena tabela com todas as suas funções diárias, veja qual é o momento que você fica mais tranquilo para que seja possível aumentar o potencial de seus estudos. Com a lista de horários em mãos, separe as matérias de estudos por semana, ou seja, um dia da semana você estuda português, outro matemática e assim sucessivamente, visando dessa forma não sobrecarrega o cérebro com muitas informações iguais umas as outras. Caso você tenha facilidade em estudar intensivamente uma mesma matéria, pode seguir o cronograma conforme for terminando os estudos de suas matérias.

Marque um determinado horário do dia destinado aos estudos, cumpra sempre esse horário, mesmo em dias onde você esteja muito cansado ou esteja a fim de fazer qualquer outra coisa. O principal erro dos estudantes é deixar de lado sua responsabilidade pela primeira vez, feito isso começa uma sequência de irresponsabilidade e isso gera muitos problemas durante o concurso, pois o candidato não consegue desenvolver sua prova.

Erros Constantes

O erro mais comum numa estratégia de estudo é montar seu plano e horário depois de muito tempo, quando já está em cima da aplicação das provas, nesse momento o candidato se desespera e quer aprender de qualquer forma, mesmo que rode a noite estudando. Esse erro é o mais comum de todos pois ficar muito tempo acordado diminui muito a capacidade de armazenamento do cérebro, ou seja, você perde todo o seu tempo que ficou estudando.




Comentar