Curso Caldeireiro Senai – Inscrição

Quando se menciona “caldeiraria”, existem pessoas que pensam que se trata de caldeiras, mas não é isso: esse é um ramo dentro das indústrias que se refere à feitura de diferentes peças. Aliás, de qualquer subconjunto que elas tenham também. Uma vez que tudo o que se fabrica tem peça, é claro que o caldeireiro é um dos que mais têm admissões nas indústrias e, frequentemente, fazem parte das chamadas linhas de produção.

Para essa função, é importante se tenha o curso de Caldeireiro e o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) tem um curso assim que junta os conhecimentos mais requisitados e tem 1.600 horas. Essa formação está nas escolas SENAI de muitas partes do Brasil e, falando de São Paulo, ele é disponibilizado também no interior.

O curso é organizado por meio de algumas matérias fundamentais, sendo elas fixação, processos de soldagem, aço inoxidável, forjamento, normas técnicas, diferenças individuais, negociação, autoconhecimento, rugosidade superficial, corte, supressão de vistas, prospecção isométrica, desenho, termologia, materiais metálicos, triângulo retângulo, conjuntos numéricos, componentes padronizados, texto dissertativo e outros.

Nesse curso, o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial disponibiliza peças para que os estudantes possam aplicar cada uma das matérias acima, além de laboratórios e de instrutores que já estiveram em linhas de produção. Os maquinários para que os estudantes compreendam as metragens e os procedimentos de feitura são modernos e são usados constantemente no curso, inclusive porque as aulas práticas são uma rotina.

Mercado de trabalho

Uma das indústrias que necessita bastante de caldeireiros é a automotiva: para a confecção de portas, por exemplo, é preciso diferentes mecanismos que são preparados por esses profissionais. Também são admitidas as pessoas com esse curso na fabricação de smartphones, de itens eletrodomésticos e outros.

Inscrições

O curso de Caldeiraria poderá ser realizado com o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (PRONATEC), fazendo-se a inscrição pelo http://portal.mec.gov.br/pronatec. Para que as inscrições sejam com o SENAI, pode-se usar o http://www.portaldaindustria.com.br/senai/: esse link tem dados dessa instituição e permite procurar também as unidades.


 



Deixe um Comentário: