Curso de marinheiro – capitão, oficial, imediato – Onde fazer?

O trabalho na Marinha é o objetivo de muitas mulheres e homens e os motivos costumam ser a possiblidade de ajudar a proteger as águas do país (bem como as suas fronteiras marítimas) e também o cotidiano estimulante.

Contudo, existe um processo para que alguém seja capitão, oficial marinheiro ou mesmo imediato de navio e esse processo começa com um curso.

Antes de especificar onde se pode fazer o curso para marinheiro, importa saber um pouco sobre o que as patentes mencionadas fazem no navio.

Para começar, o capitão da Marinha cuida de praticamente todas as coisas dentro do navio, incluindo estratégias de segurança e decisões triviais.

Já o oficial marinheiro pode ter responsabilidades diferentes, como realizar abordagens ou cuidar do setor administrativo da Marinha. Por fim, o imediato de navio é o substituto do capitão, tendo a responsabilidade de tomar decisões quando a autoridade máxima não está no navio.

Cursos de Formação Aquaviária da Marinha

Indicado para quem tem o desejo de ser marinheiro, ele é disponibilizado a quem possui diploma do ensino fundamental e é maior de idade. Além disso, a Marinha permite a participação de homens e de mulheres, havendo editais para inscrição.

Os interessados em ser oficiais marinheiros têm de verificar a abertura periódica de editais emhttps://www.marinha.mil.br/cfaoc/node/6.

FATEC

A Faculdade Tecnológica FATEC tem cursos para quem deseja ser marinheiro fluvial. Os editais periódicos são acompanhados em http://fatecjahu.edu.br/noticias/cursos-marinheiro-fluvial-de-conves-e-marinheiro-fluvial-de-maquinas-processo-seletivo-2017/.

E os cursos para capitão e imediato?

Normalmente, aos oficiais marinheiros acabam se tornando imediatos de navio e capitães de acordo com a experiência acumulada. Por isso, são praticamente inexistentes os cursos para adquirir essas patentes da Marinha.

Remunerações

Os oficiais marinheiros, que são os iniciantes nas patentes marítimas, costumam ter remuneração máxima em torno de R$ 2.170.

Já os capitães podem ter remuneração ultrapassando os R$ 11.000, enquanto os imediatos de navio chegam a receber mais de R$ 7.100.

Além disso, os profissionais marítimos têm acesso a atendimento médico, vale transporte, capacitação e mais.