Curso de Pespontador de Calçados Senai – Inscrições

O pespontador de calçados é o profissional que realiza costuras na confecção de sapatos, além de também cortar os seus materiais: há o jeans, o couro e qualquer outro tecido que seja utilizado. As pessoas que atuam como pespontadoras precisam ter realizado um curso de especialização técnica, como o do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI), recebendo até R$ 1.900,00 como vencimentos.

Todas as confecções de calçados precisam desses profissionais, já que a costura é uma parte fundamental de toda a fabricação. Além disso, algumas sapatarias de grande porte também podem recrutá-los.

O curso de pespontador de calçados do SENAI

Ele é composto por 160 horas de carga horária e a instituição não cita qual é a escolaridade necessária, mas é provável que seja ensino médio. Algumas unidades paulistas que têm esse curso são Jaú, Araçatuba, Santa Cruz do Rio Pardo e Birigui.

O conteúdo programático abrange economia de movimentos, ficha de produção, comprimento do ponto, não tecidos, lateral estreitinha, costura fantasia, costura de strigar, sobreposição vivado, como passar a linha no equipamento de pesponto, torção das linhas, condições de uso das agulhas, lubrificação da máquina de pesponto, cabeçote, prevenção de acidentes de trabalho, contra forte e couraça, ponto luva simples, titulagem das linhas, máquina esquerda, ordem e limpeza, laminados sintéticos, sobreposição virado e muito mais.

O objetivo que o SENAI tem com esse curso é fazer com que os pespontadores não saibam apenas como fazer as costuras, mas como manter o equipamento e como não se machucar.

Existe mensalidade para esse curso, mas as unidades mencionadas podem ter mensalidades diversas: isso dependerá se aquela região tem muitas pessoas buscando por esse curso. Se a resposta for positiva, então haverá menos vaga e, claro, o SENAI vai cobrar mais.

As pessoas que não podem pagar pela mensalidade do curso de pespontador podem perguntar na instituição se existirá bolsa de estudos. Porém, não é comum que esse curso esteja no Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (PRONATEC) por ele ter pouca duração.