Cursos profissionalizantes gratuitos FSS 2020 – Inscrições

Vários cursos profissionalizantes estão sendo oferecidos gratuitamente em Ribeirão Preto para quem está precisando renovar o currículo e apostar na sua capacitação. As vagas vêm do Fundo Social do município (FSS) e a procura é intensa: desde quando esse programa surgiu, mais de dois mil moradores se matricularam.

A qualidade desses cursos é elevada, assegurando que os seus participantes fiquem em pé de igualdade com quem fez outros tipos de formação. Inclusive, devido à colaboração do Serviço Nacional de Aprendizado Industrial (SENAI), que tem amplo conhecimento na formação de profissionais, bem como um excelente prestígio no país todo.

Como dito, muitos cursos profissionalizantes estão disponíveis com gratuidade, como:

 

  • Manicure e Pedicure;
  • Padaria e Confeitara;
  • Pedreiro da Construção Civil;
  • Corte e Escova;
  • Corte e Costura;
  • Informática;
  • Assentador de Pisos e Azulejos

 

Para a participação, as pessoas precisam ter idade mínima de 16 anos e estar autorizadas pelos responsáveis legais, além de comprovar que moram na cidade de Ribeirão Preto.

A forma como o Fundo Social do município seleciona os participantes para os cursos profissionalizantes gratuitos é explicada pela instituição quando os indivíduos se inscrevem. No entanto, será preciso esperar pelas próximas vagas, provavelmente, para o segundo semestre de 2020.

Para perguntar sobre as vagas e os cursos, basta telefonar para 4827 8555 ou 4824 8236. Assim que as inscrições estiverem disponíveis, os candidatos terão de levar seu comprovante de residência e os documentos pessoais. Destaca-se que os cursos profissionalizantes gratuitos do FSS garantem certificado.

Por que fazer um curso profissionalizante?

Os cursos profissionalizantes são um meio mais rápido de colocar as pessoas no mercado de trabalho com alta competitividade. Todas as disciplinas são pensadas para que os seus participantes consigam o máximo de aprendizado necessário no exercício da profissão, mas em tempo mais curto.

Quem faz um curso profissionalizante recebe salários muito satisfatórios e, inclusive, há pessoas que conseguem até cargos de liderança com esse tipo de formação, além dos que abrem seu próprio negócio.




Comentar