Cursos técnicos gratuitos no IFPB 2018 – Inscrições

Um edital do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba (IFPB) traz a possibilidade de cursos técnicos gratuitos em 2018. Os cursos para os quais serão dadas as 985 vagas são Química, Equipamentos Biomédicos, Mineração, Meio Ambiente, Instrumento Musical, Cuidados de Idosos, Edificações, Eletromecânica, Manutenção e Suporte em Informática, Eletrônica, Serviços Jurídicos, Mecânica e outros.

As inscrições serão de graça e algumas das unidades do IFPB nas quais haverá os cursos são Santa Luzia, Picuí, Monteiro, Esperança, Cajazeiras, Princesa Isabel, Patos, João Pessoa, Campina Grande e também Cabedelo. No começo, as vagas eram somente 965, mas houve a inclusão de outras no processo de organização do processo seletivo.

Esses cursos técnicos gratuitos estão destinados aos indivíduos que já acabaram o ensino médio e há vagas para aqueles que apresentam menos de 2 salários mínimos per capita, além dos deficientes. Mais de 490 oportunidades serão para as pessoas que cursou seu ensino fundamental em alguma escola pública, além de cotas para aqueles que assinalarem que são pardos, pretos ou então índios.

Os cursos acontecerão somente no segundo semestre e eles serão para os três períodos. O edital do IFPB tem uma tabela para cada curso, na qual são conferidas quais são as quantidades de vagas correspondentes as cotas e o período.

Inscrição

São em https://estudante.ifpb.edu.br/processoseletivo/processo/1/edicao/91/e vão até 22 de junho. Já no dia 26/06, os que se inscreveram saberão a lista preliminar, ou seja, a primeira relação de todos os indivíduos que fizeram a inscrição.

No caso de erros, inclusive de a pessoa que se inscreveu não estar relacionada, pode-se realizar a interposição de recursos e o resultado preliminar será dado pelo IFPB no dia 11/07, sendo permitida uma nova interposição de recursos.

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco vai considerar as notas que o indivíduo tem em Matemática e em Português, mas também possibilitará que eles apresentem sua nota do último Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). Assim, o candidato determina de que forma quer tentar o curso gratuito.




1 Comentário

  1. ediomar gonçalves de souza

Comentar