Devo deixar a tatuagem à mostra na entrevista de emprego

Hoje em dia, ter uma tatuagem não é uma coisa incomum, pelo contrário: quase todo mundo tem algum desenho no corpo, principalmente as pessoas mais novas. Isso, porém, pode ser um problema em algumas empresas: ainda há empregadores ficam relutantes em contratar alguém com determinados tipos de tatuagem ou com artes muito visíveis.

Diante de tudo isso, é claro que surge a dúvida: devo deixar a tatuagem à mostra na entrevista de emprego ou devo escondê-la? A decisão precisa contemplar alguns aspectos que serão explicados abaixo.

 Será possível esconder a tatuagem do empregador para sempre?

Uma pessoa que tem uma tatuagem na perna e que trabalhará sempre de calça poderá permanecer por anos nessa empresa sem que o seu empregador nem mesmo imagine que ela tem uma tatuagem. O mesmo se pode dizer de quem tem artes nas costas, por exemplo.

Porém, quem tem uma tatuagem nos ombros ou nos braços não conseguirá escondê-la para sempre do seu empregador; afinal, em algum momento essa pessoa terá de ir trabalhar de camiseta, ainda mais vivendo em um país tropical como o Brasil. Nesses casos, é melhor mostrar a tatuagem de cara, indo de camiseta na entrevista.

Com essa atitude, o recrutador já percebe que o candidato está sendo honesto e pode tomar uma decisão referente à contratação de forma totalmente transparente. No caso de estar frio no dia da entrevista e o candidato precisar ir de blusa, só vale a pena perguntar ao recrutador sobre eventuais restrições a tatuagens caso a função seja para lidar diretamente com clientes.

Quando a tatuagem pode ser um impedimento?

Na realidade, nenhum empregador pode impedir um funcionário de trabalhar em decorrência de este ter uma tatuagem. Entretanto, é claro que cada corporação tem um estilo e as mais conservadoras podem ter restrições com relação a desenhos no pescoço, nas mãos e, principalmente, no rosto. Desse modo, é indicado que o trabalhador com tatuagem pesquise um pouco sobre a empresa que o convidou para a entrevista.




Comentar