Enem ou vestibular – Qual é o melhor?

Quem está no ensino médio ou se preparando para entrar na faculdade sempre ouve sobre o ENEM e o vestibular. Mesmo com tanta divulgação, sempre se encontram pessoas que não sabem qual dos dois prestar e nem as suas efetivas finalidades. Diferentes tipos de instituições de ensino exigem diferentes provas e essa noção ajuda a decidir que inscrição.

ENEM – o que ele é e para que serve

O ENEM é o Exame Nacional do Ensino Médio e ele pode ser feito por pessoas a partir do terceiro ano: aquelas que prestam o exame antes disso costumam ser conhecidas como “treineiros”, ou seja, eles fazem a prova com a intenção de se habituar a ela. Quem terminou o ensino médio ou já fez um curso superior também pode participar do ENEM, que é feito em dois domingos consecutivos.

A prova serve para entrar em universidades públicas (pelo Sistema de Seleção Unificado – Sisu) e para ser bolsista em instituições particulares (pelo Programa Universidade para Todos – ProUni). Estas, em alguns casos, oferecem bolsas até para quem não se inscreve no ProUni, desde que a nota do ENEM tenha sido muito boa.

Vestibular – o que é e para que serve

O vestibular é uma prova criada por cada instituição de ensino com o objetivo de selecionar os seus futuros alunos. A maioria das faculdades públicas passou a usar o ENEM como único meio de ingresso.

Já as instituições privadas continuam aplicando as suas próprias provas: normalmente, as bolsas de estudo são dadas a quem têm bom resultado nelas ou a quem se sai excepcionalmente bem no ENEM.

É melhor o ENEM ou o vestibular?

As duas provas concedem oportunidades diferentes e, dessa forma, o melhor é que a pessoa faça ambas. Fazendo o ENEM e o vestibular, o indivíduo poderá concorrer tanto a instituições públicas quanto privadas, garantindo a sua matrícula. Além disso, as duas provas são pagas, apesar de o ENEM oferecer isenção para algumas pessoas e ser gratuito para alunos do sistema público.




Comentar