Golpes na hora de encontrar empregos – O que evitar?

Ao mesmo tempo em que existe uma quantidade enorme de pessoas procurando por empregos, também existem muitos indivíduos que se aproveitam desse contexto para aplicar golpes.

Nos últimos meses, a quantidade de fraudes relacionadas à procura de recolocação profissional tem crescido e gerado desânimo para quem precisa de uma vaga, além de desconfiança com qualquer recrutador.

É necessário saber quais são os golpes mais usuais para que os trabalhadores evitem a perda de dinheiro enquanto estiverem tentando uma oportunidade.

A seguir, algumas formas de se evitar golpes durante a busca de emprego:

 

1 – Procurar referências

Quando uma empresa faz contato por causa do currículo, é importante perguntar ao intermediário qual é a empresa e fazer uma pesquisa. Caso tenham ocorridos golpes em outros candidatos a vagas, o trabalhador ficará sabendo.

Quando se trata de serviço freelancer, onde não necessariamente existe um CNPJ, essa consulta fica mais difícil, mas há outros sinais que podem indicar um golpe.

 

2 – Não pagar por qualquer treinamento um material

Sem dúvida, uma das formas mais comuns de golpes vistos hoje em dia no mercado de trabalho é o oferecimento de uma “vaga”, mas com a exigência de que o candidato adquira algum treinamento ou algum curso.

Isso é totalmente contra a lei: quando o recrutador divulga seleção de emprego, ele não pode, de forma alguma, querer que o candidato arque com nada financeiramente.

Na realidade, nem existe uma vaga de emprego: trata-se de um pretexto para extrair dinheiro da pessoa que está necessitando de trabalho.

 

3 – Fique atento à forma de a empresa agir

Todo recrutador age de maneira profissional: quando tudo parece enrolado demais, o site da empresa não aparenta tanta formalidade ou existem até erros em e-mails, é indício de que pode não ser uma vaga de trabalho verdadeira.

 

4 – Não pague nada esperando por reembolso

Não importa se é um exame médico, se é um custo de transporte ou qualquer outra coisa: os custos de um processo seletivo são 100% da empresa.