Jovem Aprendiz Caixa 2018 – Como participar

O programa Jovem Aprendiz Caixa 2018 visa à inclusão de jovens no mercado de trabalho, remunerando-o com um salário de acordo, simultaneamente, ensinando também ao jovem aprendiz acrescentar uma experiência em seu currículo e contar pontos ao favor em uma entrevista de emprego. A iniciativa foi aderida por diversas empresas brasileiras, a Caixa é somente uma delas que prepara jovens para o mercado de trabalho.

 Quem pode participar

O programa Jovem Aprendiz da Caixa Econômica Federal é voltado para os jovens de baixa renda, tendo como objetivo oferecer uma capacitação profissional para essas pessoas. Geralmente, esses jovens aprendizes conseguem arrumar uma oportunidade de emprego em serviços bancários e administrativos. Porém, é preciso ter concluído o ensino fundamental, caso você não tenha concluído o ensino médio, deve estar regularmente matriculado em uma escola para poder fazer a inscrição para o menor aprendiz.

Para participar do programa Menor Aprendiz Caixa é preciso que o candidato tenha de 14 a 24 anos de idade, sendo de responsabilidade de o empregador estabelecer regras e requisitos, como o direito do aprendiz trabalhar, no máximo, seis horas por dia condizente com o horário de estudo, sem atrapalhá-lo.

 Como Funciona o Programa

O menor aprendiz terá participação no programa com duração até dois anos, além disso, esses jovens atuarão nos pontos de venda da Caixa Econômica Federal. Vale ressaltar que o candidato terá uma jornada de trabalho de seis horas diárias, durante quatro dias úteis. Após os quatro dias úteis, no quinto dia, o participante receberá aulas ministradas pela entidade do CIEE ou qualquer outra escola participante no programa.

A Caixa Econômica Federal participa do programa menor aprendiz desde o ano de 2003, inserindo adolescentes de 15 a 18 anos no mercado de trabalho, em parceria com entidades convenientes. A partir de 2008, uma nova proposta ampliou o programa menor aprendiz, dessa vez atendendo jovens de até 24 anos.

Relação das entidades conveniadas:
Ciee – Centro de Integração Empresa Escola (www.ciee.org.br)
(11) 3040-9800
Renapsi – Rede Nacional de Aprendizagem (www.renapsi.org.br)
(61) 3038-4500
Cesam- Inspetoria São João Bosco (www.salesiano.br)
(31) 2103-1200
Rasc – Recuperação e Assistência Cristã (www.rasc.com.br)
(14) 3879-3138
MDCA – Movimento pelos Direitos da Criança e do Adolescente (www.mdca.org.br)
(51) 3339-7274
Cips – Consórcio Intermunicipal de Promoção Social ([email protected])
(14) 3879-6961
Movimento República de Emaús ([email protected])
(91) 3238-8333
Bairro da Juventude dos Padres Rogacionistas (www.bairrodajuventude.org.br)
(48) 3439-9900
Ciee – Centro de Integração Empresa Escola (www.cieesc.org.br)
(48) 3216-1446.
Sociedade Eunice Weaver do Maranhão ([email protected])
(98) 3279-2026
Ceaca – Centro Comunitário Lídia dos Santos (www.ceaca.org.br)
(21) 3879-4671
Seleta – Sociedade Caritativa e Humanitária (www.seletams.com.br)
(67) 3357-7343
Avape – Associação para Valorização de Pessoas com Deficiência (www.avape.org.br)
(11) 4334-8200
Combemtu- Associação de Atendimento à Criança e ao Adolescente ([email protected])
(48) 3628-0965
Ides – Irmandade do Divino Espírito Santo (www.idespromenor.org.br)
(48) 3224-5008
Casa de Ismael – Lar da Criança (www.casadeismael.org)
(61) 3272-4731
Obras Sociais da Fraternidade do Centro Espírita Jerônimo Candinho ([email protected])
(61) 3039-5163

Entramos em contato com a Caixa para mais informações sobre o programa de Aprendizagem 2018, e recebemos a seguinte resposta: As vagas, quando surgem, são divulgadas pelas entidades conveniadas, responsáveis pela contratação de aprendizes que atuam nesta empresa nos Programas Adolescente Aprendiz e Jovem Aprendiz. Ou seja, entre em contato com o Ciee da sua cidade ou região para obter mais informações, atualizaremos esse artigo assim que obtivermos mais detalhes!

 


 



4 Comentários

  1. vitoria ellen tavares nunes
  2. Nayane Dias
  3. LUSIANA DOMINGOS FREIRE
  4. Gabriel

Deixe um Comentário: