Matricula SP 2022 – Inscrições abertas

Os pais e responsáveis que desejarem colocar crianças e adolescentes nas escolas da rede pública de São Paulo precisam realizar o processo até o próximo dia 17, servindo para toda a federação.

Muitas pessoas achavam que a admissão de novos alunos nas escolas públicas de São Paulo em 2022 seria prejudicada em decorrência da pandemia e, principalmente, pelo fato de as unidades escolares estarem com a sua capacidade reduzida há meses, tendo ficado fechadas por quase um ano.

Entretanto, o governo paulista já liberou a realização de novas matrículas para 2022 e qualquer pessoa que resida no Estado pode solicitar uma vaga.

 

Para quem nunca estudou em uma escola pública paulista

Pessoas que estavam na rede particular de ensino ou mesmo que eram, residentes de outras áreas do país podem estudar nas escolas públicas de São Paulo.

Porém, é necessário primeiro realizar um cadastro para que a Secretaria Estadual de Educação (SED) faça o encaminhamento desse futuro estudante para a unidade escolar que corresponde à sua região.

Esse cadastro pode ser efetuado na escola pública mais próxima ou por meio de um site oferecido pela SED, que é o https://sed.educacao.sp.gov.br/NCA/ErroNCA/NotFound?aspxerrorpath=/nca/preinscricaoonline.

 

E para quem já está na rede pública de SP?

A Secretaria Estadual de Educação de São Paulo também realiza a matrícula de quem já é aluno de uma das suas escolas públicas. No entanto, nesses casos, trata-se de uma rematrícula e é preciso fazer o que segue:

 

  • Acessar https://sed.educacao.sp.gov.br/
  • Procurar pela opção “Pais e Responsáveis” e clicar nela
  • Selecionar Gestão Escolar
  • Procurar pela área de matrícula
  • Dentre os ícones, deverá haver um para rematrícula

 

O pai ou responsável precisará reforçar as informações do estudante da rede pública e, se quiser, poderá solicitar a vaga em outra unidade escolar.

Se ele preferir que a criança ou adolescente continue na mesma escola, basta usar a rematrícula para a confirmação disso.

 

Pode fazer a matrícula presencialmente?

Tanto a matrícula quanto a rematrícula para 2022 na rede pública paulista pode ser efetuada presencialmente, mas o processo costuma ser mais fácil para quem deseja somente refazer a sua matrícula.

Para quem está ingressando agora nas escolas públicas de São Paulo, a opção é ir até a mesma escola onde já se estuda para refazer a matrícula ou para solicitar instruções no caso de intenção de transferência.

Além disso, o pai ou responsável pelo já estudante tem de se dirigir também à escola onde essa pessoa quer passar a estudar e perguntar sobre a existência de vagas. Se houver alguma, então a secretaria faz o processo de transferência.

 

A vaga na rede pública de SP 2022 não é garantida para novos estudantes

A preferência é para quem está fazendo a sua rematrícula, ou seja, para quem já estudava na rede pública de SP. Por isso, nem sempre os novos interessados conseguem uma vaga e é preciso, depois do processo de matrícula, conferir o site https://sed.educacao.sp.gov.br/consultapublica/consulta depois de 19 de novembro.