O que comer durante a prova do Enem?

Além dos materiais básicos que os estudantes levam para o Exame Nacional do Ensino Médio, existe um elemento que está em todas as bolsas: os lanches. É verdade que muitos dos participantes levam comida por causa da ansiedade, mas a prova é bastante longa e ter algo para ingerir pode melhorar até a concentração.

É comum que as pessoas fiquem com um pouco de sono por causa dos enunciados longos e do silêncio. Por isso, comer algo vai fazer com que elas fiquem mais acordadas, além de se acalmarem, especialmente se for um doce. Levar água também é recomendado porque ficar desidratado vai fazer com que o estudante fique menos concentrado e mais sonolento.

O que não é recomendado comer?

Não é indicado levar alimentos que prejudiquem o próprio estudante e nem os demais. Os itens gordurosos, por exemplo, são cheios de contraindicação: além de ser possível causar um mal-estar, eles também podem sujar a prova. Por outro lado, os salgadinhos que têm cheio muito forte podem incomodar seriamente os outros participantes e isso não é aceito.

Além do odor, o barulho também precisa ser evitado quando se trata de comida no ENEM: existem salgadinhos, por exemplo, que fazem muito ruído para serem abertos e até para serem mastigados. Considerando que a sala estará silenciosa, isso vai ser bastante incômodo e até vai constranger o indivíduo que está comendo.

O que se deve comer?

As pessoas podem levar pacotes de bolacha, tanto doces quanto salgadas: elas não têm cremes ou molhos e também não fazem barulho para serem consumidas ou para serem abertas. Outra opção é fruta: as maçãs podem ser levadas já higienizadas. Não se recomendam as ameixas (a não ser as secas) e nem as peras porque elas liberam muita água e podem molhar a prova.

Falando em água, todos os estudantes têm de se lembrar de levar uma garrafa de água, sendo mais recomendada a sem gás. Outra dica é que as pessoas levem algo doce, como balas ou, se puderem, chocolate.


 



Comentar